14.4 C
Kōnan
segunda-feira, 25 de outubro de 2021

Suga inicia a diplomacia olímpica

O primeiro-ministro japonês Suga Yoshihide iniciou uma série de reuniões com dignitários estrangeiros em visita ao país para a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio, nesta sexta-feira (23).

Últimas Estatísticas do Coronavírus no Japão

Suga inicia a diplomacia olímpica

O primeiro-ministro japonês Suga Yoshihide iniciou uma série de reuniões com dignitários estrangeiros em visita ao país para a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio, nesta sexta-feira (23).

Mas apenas cerca de 15 países e organizações enviaram seus representantes ao Japão, em parte devido à propagação do coronavírus chinês.

Suga jantou com a primeira-dama americana, Jill Biden, no State Guest House em Tóquio, na quinta-feira (22), com medidas anti-infecciosas em vigor. Sua esposa, Mariko, também esteve presente.

O primeiro-ministro disse que dá as boas-vindas à visita da Primeira Dama dos EUA ao Japão e que sua presença na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos será de grande importância para as relações Japão-EUA.

Jill Biden expressou seu prazer em ver Suga novamente, depois que eles se encontraram na cúpula do Grupo dos Sete, na Grã-Bretanha, no mês passado. Ela também transmitiu seus desejos pelo sucesso das Olimpíadas e Paraolimpíadas de Tóquio.

O primeiro-ministro também se encontrou com o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde – OMS Tedros Adhanom Ghebreyesus.

Suga expressou sua gratidão pelo compromisso de Tedros com as medidas anti-infecciosas nos Jogos de Tóquio.

Suga disse querer enviar uma mensagem global de que o mundo pode se unir e superar a situação difícil com os esforços e a sabedoria do povo.

Tedros expressou seu contentamento com a realização dos Jogos de Tóquio e elogiou o Japão por fazer seu melhor para evitar infecções por coronavírus chinês. Ele expressou sua gratidão ao país por ajudar com a resposta global ao vírus.

Suga expressou a intenção do Japão de desempenhar um papel ativo nas discussões para rever e reformar a OMS. Ele enfatizou a necessidade de que as informações e conhecimentos de diferentes países e territórios sejam compartilhados de forma mais ampla. Ele também enfatizou a importância de um inquérito sobre as origens do coronavírus chinês.

Tedros respondeu expressando seus agradecimentos pelas contribuições do Japão à OMS.

SourceNHK World

Artigos relacionados

ÁSIA

spot_imgspot_img
Translate »