23.6 C
Kōnan
sábado, 25 de setembro de 2021

China sanciona autoridades americanas sobre Hong Kong

A China informa ter imposto contra-sanções a indivíduos norte-americanos em resposta às recentes sanções dos EUA às autoridades chinesas em Hong Kong.

Últimas Estatísticas do Coronavírus no Japão

China sanciona autoridades americanas sobre Hong Kong

A China informa ter imposto contra-sanções a indivíduos norte-americanos em resposta às recentes sanções dos EUA às autoridades chinesas em Hong Kong.

O Ministério das Relações Exteriores da China disse nesta sexta-feira (23) que aqueles sujeitos às medidas incluem o ex-secretário de Comércio dos EUA, Wilbur Ross, e um ex-representante da Comissão Executiva do Congresso para a China.

O ministério disse que as sanções da China se baseiam em sua lei de sanções anti-estrangeiras, que entrou em vigor no mês passado. A lei foi elaborada para retaliar as sanções de algumas nações ocidentais sobre questões de direitos humanos na Região Autônoma de Xinjiang Uygur e Hong Kong.

Acredita-se ser este o primeiro caso em que a China aplicou a lei.

As contra-sanções seguem o anúncio feito pelo governo do presidente americano Joe Biden, em 16 de julho, de que iria impor sanções a sete vice-diretores do escritório de ligação da China em Hong Kong. Os EUA disseram que as autoridades tinham minado o alto grau de autonomia de Hong Kong.

A administração também emitiu um parecer em 16 de julho para avisar as empresas sobre a realização de negócios em Hong Kong.

O aviso diz que as empresas poderiam enfrentar uma fiscalização que ameaça seus segredos corporativos. Também adverte que podem ser forçadas pela China a desistir de informações sobre suas operações e clientes.

SourceNHK World

Artigos relacionados

ÁSIA

spot_imgspot_img
Translate »