26.7 C
Kōnan
sexta-feira, 19 de agosto de 2022

Pelo menos 24 mortos em protestos na Colômbia

Os protestos violentos na Colômbia têm continuado, apesar de terem sido convocados, originalmente, em oposição a um aumento de impostos agora cancelado. Tinha sido planejado para ajudar pessoas empobrecidas atingidas duramente pela pandemia do coronavírus chinês.

Últimas Estatísticas do Coronavírus no Japão

Pelo menos 24 mortos em protestos na Colômbia

Os protestos violentos na Colômbia têm continuado, apesar de terem sido convocados, originalmente, em oposição a um aumento de impostos agora cancelado. Tinha sido planejado para ajudar pessoas empobrecidas atingidas duramente pela pandemia do coronavírus chinês.

A mídia local diz que pelo menos 24 pessoas morreram, com centenas de feridos em confrontos entre manifestantes e forças de segurança.

Em 15 de abril, o governo propôs um plano de reforma tributária com aumentos de impostos para financiar o pagamento em dinheiro às pessoas que lutam para sobreviver em meio à pandemia do coronavírus chinês e restaurar a saúde fiscal nacional.

As ferozes manifestações anti-governamentais começaram em 28 de abril e agora continuam há mais de uma semana.

Em resposta aos protestos, o presidente colombiano Ivan Duque retirou o plano fiscal, enquanto seu ministro das finanças se demitiu.

Mas a medida não conseguiu pôr um fim aos protestos. Delegacias de polícia foram atacadas na capital, Bogotá, e em outros lugares.

O presidente Duque afirma que os traficantes de drogas estão por trás do vandalismo.

SourceNHK World

Artigos relacionados

ÁSIA

spot_imgspot_img
Translate »