13 C
Kōnan
sábado, 8 de maio de 2021

Mídia de Myanmar informa que militares sofreram pesadas baixas

Após assassinar centenas de civis, ass forças armadas de Myanmar sofreram pesadas baixas ao tentar retomar uma base estratégica de um grupo étnico minoritário no estado de Kachin, no norte do país.

Últimas Estatísticas do Coronavírus no Japão

Mídia de Myanmar informa que militares sofreram pesadas baixas

Após assassinar centenas de civis, ass forças armadas de Myanmar sofreram pesadas baixas ao tentar retomar uma base estratégica de um grupo étnico minoritário no estado de Kachin, no norte do país.

Um órgão independente de mídia, The Irrawaddy, disse que o Exército da Independência de Kachin, ou Kachin Independence Army – KIA, apreendeu a base em 25 de março.

Os militares lançaram ataques aéreos durante quatro dias e cerca de 100 soldados vieram em duas colunas para atacar o posto avançado da KIA na base, mas uma delas se retirou na terça-feira (13), depois de sofrer uma pesada derrota.

A outra coluna se chocou com as forças da KIA na noite de terça-feira (13) e também sofreu fortes baixas.

O Irrawaddy citou um oficial da KIA dizendo: “quase todas as tropas daquela coluna morreram” e que as tropas da KIA estão perseguindo os “dois ou três soldados” que sobreviveram.

A NHK procurou a confirmação por um porta-voz do Conselho de Administração do Estado, mas não recebeu nenhuma resposta. O conselho é o mais alto órgão de tomada de decisão criado pelos militares após o golpe de Estado de 1º de fevereiro.

Os combatentes da KIA têm apoiado aqueles que protestam contra o golpe. Os confrontos entre a KIA e os militares têm continuado desde o início de março. Observadores dizem que os militares podem lançar represálias mais fortes contra a KIA.

SourceNHK World

Artigos relacionados

ÁSIA

spot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - BRASIL

Brasil: Leilão do 5G deve ocorrer em meados de julho, diz...

0
Brasil: Leilão do 5G deve ocorrer em meados de julho, diz secretário O secretário de Telecomunicações do Ministério das Comunicações, Artur Coimbra, disse nesta quarta-feira...
Translate »