Worship Experience Live com o cantor e compositor Márcio Couth

O cantor e compositor Márcio Couth, tem conquistado seu espaço dentro do cenário musical cristão, interpretando louvores belíssimos nos seus vídeos clipes no Youtube.  A música gospel, é um estilo musical que vem crescendo no Brasil e no mundo, e não perde em números para as músicas seculares. Entre as músicas do álbum Worship Experience (WE), que foi lançado em 2020, e que tem tocado os corações, estão as versões dos grandes sucessos: “Caminho no Deserto” (Way Maker), “Milagres” (Miracles), Poder Pra Salvar (Might To Save), Eu Vou Construir (Build My Life), Ousado Amor (Reckless Love), entre outras.

Márcio Coutinho Barbosa, nasceu em 10 de junho de 1982) e vive no norte do Brasil (Amazônia). Influenciado desde a infância por seus avós a ter uma vida com Deus,sempre se dedicou aos serviços eclesiásticos. Durante sua infância e
adolescência, Márcio cantou nos corais da Igreja Assembleia de Deus,onde congregava.

Nesse mesmo período, quando tinha 14 anos de idade, passou a ministrar
em uma banda chamada “Grupo Salmus”.

Entre 2010 e 2016, ministrou na banda cristã “Tabernáculus” (vídeo acima), onde produziu algumas canções que foram reconhecidas no meio cristão, dentre estas: Cidade Vermelha e Nem olhos Viram. A banda que nasceu em Porto Velho/RO, tinha como integrantes Márcio Couth (voz e violão), Fabrício Ribeiro (guitarrista), André Moraes (tecladista) e Nilson César (baterista).  O primeiro CD ao vivo, foi gravado na Igreja Batista às Nações em Porto Velho/RO.

Ajudou a fundar em 2010, a “Cidade Refúgio”, uma associação que se dedicava a cuidar de moradores de rua, oferecendo habitação, cuidados médicos e higiênicos. Nesse período sempre realizava eventos beneficentes com finalidade de arrecadar alimentos para essas pessoas.

No decorrer da sua missão, já cooperou com centenas de igrejas e pastores e também já ministrou em vários lugares do mundo, tais como: Inglaterra, Uganda e Estados Unidos sempre levando Cristo através de sua mensagem de
louvor e adoração.

Márcio Couth se tornou ministro itinerante em 2016, ministrando sobre louvor, adoração e compromisso com Deus.
Em 2017, lançou seu primeiro CD – Adorando (Porque Deus é Bom), contendo 09 faixas.

Em 2019, gravou o projeto Worship Experience (WE), que foi lançado em 2020 e contou com a participação de vários amigos de ministério e com a direção de Thiago Oliveira Filmes. Esse trabalho alcançou mais de 15 milhões de visualizações no seu canal no Youtube e foi realizado na Igreja Batista Nacional de Jaru – Rondônia .

Márcio Couth convidou a cantora ji-paranaense, Viviane Martins para dividir os vocais com ele no CD Worship Experience, nos louvores Caminho no Deserto, Teu Amor Não Falha, Acende um fogo.

O cantor já está trabalhando no próximo projeto denominado Worship Experience 2 (WE 2), portanto aguardem.

Da Redação by Cleo Oshiro

Artigo anteriorJapão confirma 122 novos casos de infecção por coronavírus chinês nesta quarta-feira (4)
Próximo artigoEgito suspende as barreiras à importação de produtos pesqueiros do Japão
Cleo Oshiro
Sou a Cleo Oshiro, uma mineira que no ano de 2002 optou por viver no Japão com a família. Em 2010 a Revista GVK Internacional no Brasil, especializada em karaokê, me descobriu no Orkut e através da minha paixão pela música e karaokê, decidiram fazer uma matéria sobre minha vida aqui no Japão, afinal foi aqui na cidade de Kobe que ele surgiu e se espalhou pelo mundo. Com a repercussão da matéria, eles me convidaram para ser a Correspondente Internacional da revista no Japão e aceitei o desafio e não parei mais. Fui Colunista Social por 2 anos no Portal Mie/Japão, da Revista Baladas Internacional/ Suiça, na BDCiTV/EUA e na Revista Biografia/ Brasil, realizando entrevistas com várias personalidades do meio artístico. Minhas matérias são para divulgar o trabalho dos artistas, sem apelos sensacionalistas, mesmo porque meu foco é mostrar a imensidão de talentos espalhados pelo mundo sejam famosos ou não. Atualmente faço parte da equipe da Rádio Shiga, onde faço matérias artísticas e sou a idealizadora do programa musical The Best Of Brazilian Music em parceria com o Omote-san. O programa foi suspenso devido problemas interno, mas o tempo em que esteve no ar levava a música brasileira à outros países da Asia. O programa The Best Of Brazilian Music era apresentado em inglês pela DJ Shine Dory, uma filipina apaixonada pela MPB e Bossa Nova. A escolha pelo idioma foi para alcançar japoneses e estrangeiros que vivem no Japão, já que inglês é um idioma universal e os brasileiros já contavam com o acesso as informações dos artistas através das matérias publicadas por mim no site