23.6 C
Kōnan
sexta-feira, 24 de setembro de 2021

Escócia é o primeiro no mundo a disponibilizar absorvente intimo de graça para a população

A Escócia disponibilizou absorventes íntimos para todas as mulheres nesta terça-feira (24), tornando-se a primeira nação do mundo a dar tal passo.

Últimas Estatísticas do Coronavírus no Japão

Escócia é o primeiro no mundo a disponibilizar absorvente intimo de graça para a população

A Escócia disponibilizou absorventes íntimos para todas as mulheres nesta terça-feira (24), tornando-se a primeira nação do mundo a dar tal passo.

A medida disponibiliza absorventes higiênicos em locais públicos designados, tais como centros comunitários, clubes de jovens e farmácias, a um custo anual, estimado, para os contribuintes de £24 milhões (cerca de US$32 milhões).

A Lei de Produtos da Menstruação (Provisão Livre) da Escócia foi aprovada por unanimidade, e o Primeiro Ministro do país, Nicola Sturgeon, classificou-a de “uma política importante para mulheres e meninas”.

“Orgulho em votar a favor desta legislação inovadora, tornando a Escócia o primeiro país do mundo a fornecer produtos de higiene íntima gratuitamente, para todos que precisam deles”, Sturgeon postou no Twitter.

Durante o debate, a proponente do projeto de lei, a deputada trabalhista escocesa Monica Lennon, disse: “Ninguém deveria ter que se preocupar com a origem de seu próximo absorvente íntimo”.

“A Escócia não será o último país a consignar a menstruação na história, mas temos a chance de ser o primeiro”, disse ela.

Em 2018, a Escócia tornou-se o primeiro país a fornecer, gratuitamente, produtos de higiene íntima em escolas, faculdades e universidades.

Cerca de 10% das mulheres na Grã-Bretanha não têm condições de pagar por produtos de higiene íntima, de acordo com uma pesquisa do Children’s Charity Plan International em 2017, com ativistas alertando que muitas faltam às aulas como consequência.

Produtos de higiene íntima, no Reino Unido, são tributados a 5%, uma taxa que as autoridades atribuíram às regras da União Européia (UE) que estabelecem alíquotas de impostos sobre certos produtos.

Agora que a Grã-Bretanha deixou a UE, o Ministro das Finanças britânico, Rishi Sunak, disse que aboliria o “imposto sobre absorventes” em janeiro de 2021.

SourceGMA News

Artigos relacionados

ÁSIA

spot_imgspot_img
Translate »