4.9 C
Kōnan
quarta-feira, 2 de dezembro de 2020

Rio não terá desfile de blocos de rua no carnaval de 2021

Não haverá carnaval dos blocos de rua do Rio de Janeiro em 2021. A decisão foi tomada nesta quarta-feira (28), em reunião virtual da qual participaram o presidente da Riotur, Fabrício Villa Flor, infectologistas e representantes dos blocos de carnaval de rua e da área de segurança pública.

Estatística COVID19 - Coronavírus

Total Global
Última atualização em:
Casos

Mortes

Recuperados

Active

Casos Today

Mortes Today

Critical

Affected Countries

Indonésia em alerta após grupo terroristas ligado ao Daesh (isis) decapitar agricultor para “semear o terror”

Indonésia em alerta após grupo terroristas ligado ao Daesh (isis) decapitar agricultor para "semear o terror" As forças de segurança indonésias alertaram, nesta segunda-feira (30),...

Tóquio confirma 372 novos casos de infecção por coronavírus chinês nesta terça-feira (1º)

Tóquio confirma 372 novos casos de infecção por coronavírus chinês nesta terça-feira (1º) O governo metropolitano de Tóquio confirmou 372 novos casos de infecção por...

Apropriação cultural: China diz que kimchi é de origem chinesa

Apropriação cultural: China diz que kimchi é de origem chinesa Uma batalha on-line está esquentando sobre as origens do Kimchi, um prato de acelga fermentada...

Princesa Aiko do Japão faz aniversário de 19 anos

Princesa Aiko do Japão faz aniversário de 19 anos A princesa Aiko, filha do Imperador e Imperatriz do Japão, completa 19 anos nesta terça-feira (1º). A...

Reino Unido junta-se à NEC para testes de 5G

Reino Unido junta-se à NEC para testes de 5G Autoridades do governo britânico informam que se unirão ao fabricante japonês de eletrônicos NEC em uma...

Rio não terá desfile de blocos de rua no carnaval de 2021

Não haverá carnaval dos blocos de rua do Rio de Janeiro em 2021. A decisão foi tomada nesta quarta-feira (28), em reunião virtual da qual participaram o presidente da Riotur, Fabrício Villa Flor, infectologistas e representantes dos blocos de carnaval de rua e da área de segurança pública.

“O acontecimento do carnaval está diretamente ligado à chegada da vacina. Sem vacina não é possível termos carnaval de rua, nem mesmo os desfiles das escolas de samba, como a Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) já havia anunciado no mês passado”, disse Villa Flor.

A live ainda a participação da presidente da Associação Independente dos Blocos de Carnaval de Rua da Zona Sul, Santa Teresa e Centro da Cidade (Sebastiana), Rita Fernandes; da médica infectologista Marília Santini, da Fundação Instituto Oswaldo Cruz (Fiocruz); do professor de epidemiologia Roberto Medronho, da Faculdade de Medicina da UFRJ;  e da promotora de Justiça Andrea Amin, coordenadora do Grupo de Atuação Especializada em Segurança Pública do Ministério Público do Rio de Janeiro (Gaesp).

Todos concordaram que são inviáveis os desfiles de rua antes de haver vacinação segura contra a covid-19. “Sem vacina, não é possível termos o carnaval nos moldes tradicionais, como conhecemos há décadas. Como não ouvir especialistas? Como não ouvir os que participam de toda a engrenagem dos blocos de rua? A posição dos blocos foi muito responsável, e eu os parabenizo por isso”, disse Villa Flor.

O presidente da Riotur lembrou que a pandemia não acabou. “Ainda estamos em meio à pandemia da covid-19. Portanto, nossa posição é: sem vacina, não é possível fazermos uma previsão para a realização do Carnaval Rio 2021. Chegando a vacina, conseguiremos fazer o planejamento e falar em datas”, acrescentou.

Segundo a presidente da Sebastiana, Rita Fernandes, pela avaliação dos especialistas em saúde, até julho do ano que vem, não haverá possibilidade de imunização de toda a população do Rio. “Se liberar o público no segundo semestre, a gente não pode fazer a festa. Fica muito em cima e, do ponto de vista da regulamentação, legalização, para nós, no segundo semestre é inviável.”

Rita Fernandes informou que a Sebastiana vai procurar outras alternativas, como lives, shows transmitidos por redes sociais, eventos fechados. “Coisas assim, que a gente possa ter controle.”

Réveillon
A Riotur anunciou que a empresa SRCOM será a responsável pelo Réveillon Rio 2021.  Pela primeira vez, o evento será pago integralmente pela iniciativa privada, sem verba da prefeitura do Rio. A SRCOM apresentou seu projeto à Riotur na terça-feira (27), como determinavam as regras do Caderno de Encargos e Contrapartidas da empresa de turismo.

Em nota, a Riotur diz que a proposta apresentada pela SRCOM encaixa-se perfeitamente no novo modelo de réveillon que a prefeitura do Rio planejou para a festa da virada deste ano, em meio à pandemia da covid-19.

“As boas-vindas ao ano de 2021 acontecerão em um formato diferente do tradicional conhecido por cariocas e turistas. No Réveillon Rio 2021 teremos seis palcos espalhados em pontos turísticos emblemáticos da cidade do Rio de Janeiro, porém, sem presença de público, com todas as áreas isoladas. O público poderá acompanhar os shows pela televisão, por um canal aberto, e pelas plataformas digitais, por meio do canal oficial da Riotur no Youtube”, explica nota.

Além dos shows, a festa do réveillon apresentará luzes e efeitos visuais inéditos no Brasil, além de uma “surpresa emocionante”, que só será conhecida na noite da virada e todos poderão ver de suas casas, pela televisão e pela Internet, acrescenta a nota. “Este novo modelo vai criar uma atmosfera de respeito, com homenagens às vítimas da covid-19 e também aos profissionais que estão na linha de frente do combate à pandemia. Além disso, a celebração inclui, pela primeira vez, uma integração entre diversos pontos de referência turística do estado do Rio no réveillon carioca.”

Artigos relacionados

Bolsonaro e Fernández, da Argentina, têm primeira reunião bilateral

Bolsonaro e Fernández, da Argentina, têm primeira reunião bilateral O presidente Jair Bolsonaro e o presidente da Argentina, Alberto Fernández, tiveram na manhã desta segunda-feira...

Inca recebe doação da Touca Inglesa, tecnologia usada em quimioterapia

Inca recebe doação da Touca Inglesa, tecnologia usada em quimioterapia Uma tecnologia desenvolvida na década de 90 pelo cervejeiro inglês Glenn Paxman para a mulher...

Um dia após eleição estado de SP regride para Fase Amarela

Um dia após eleição estado de SP regride para Fase Amarela O governo de São Paulo anunciou nesta segunda-feira (30), a regressão de todo o...

ÁSIA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - BRASIL

Bolsonaro e Fernández, da Argentina, têm primeira reunião bilateral

0
Bolsonaro e Fernández, da Argentina, têm primeira reunião bilateral O presidente Jair Bolsonaro e o presidente da Argentina, Alberto Fernández, tiveram na manhã desta segunda-feira...
Translate »