23.6 C
Kōnan
sábado, 25 de setembro de 2021

Passageiros do Werterdam desembarcam no Camboja

Alguns dos passageiros do cruzeiro que finalmente atracaram num porto no Camboja estão agora de volta a terra firme, marcando o fim de uma experiência de quase duas semanas. O navio foi recusado por cinco governos por medo do coronavírus.

Últimas Estatísticas do Coronavírus no Japão

Passageiros do Werterdam desembarcam no Camboja

Alguns dos passageiros do cruzeiro que finalmente atracaram num porto no Camboja estão agora de volta a terra firme, marcando o fim de uma experiência de quase duas semanas. O navio foi recusado por cinco governos por medo do coronavírus.

Mais de 2.200 passageiros e tripulação comemoraram quando começaram a desembarcar nesta sexta-feira (14).

O Westerdam atracou no porto de Sihanoukville, no sul do país, na quinta-feira (13) à noite.

Antes de viajarem para Phnom Penh via avião fretado, os passageiros foram recebidos pelo primeiro-ministro do Camboja.

Hun Sen disse que permitiu a entrada do navio por razões humanitárias.

Ele disse que: “o verdadeiro problema, no que diz respeito ao Camboja, não é a notícia do surto do coronavírus, agora chamado COVID 19. Mas é a doença do medo”.

As autoridades dizem que alguns passageiros já deixaram o Camboja.

Mas devido ao número de pessoas a bordo, o operador do navio diz que levará alguns dias para desembarcar a todos.

O Westerdam deixou Hong Kong a 1º de Fevereiro. Foi-lhe negada a entrada nos portos de Taiwan, Japão, Filipinas, Guam e Tailândia devido a receios de que alguns dos passageiros pudessem estar infectados com o coronavírus.

Oficiais de saúde cambojanos testaram 20 pessoas a bordo que apresentavam sintomas de doença. Dizem que nenhuma delas deu positivo para o coronavírus.

SourceNHK World

Artigos relacionados

ÁSIA

spot_imgspot_img
Translate »