10 C
Kōnan
domingo, 24 de janeiro de 2021

Assessor de Trump: ataque dos EUA contra Coreia do Norte está sob “refinamento constante”

Os planos militares dos Estados Unidos para uma eventual intervenção militar contra a Coreia do Norte estão sendo constantemente refinados, segundo informou o principal assessor de segurança do presidente Donald Trump.

Últimas Estatísticas do Coronavírus no Japão

Assessor de Trump: ataque dos EUA contra Coreia do Norte está sob “refinamento constante”.

Os planos militares dos Estados Unidos para uma eventual intervenção militar contra a Coreia do Norte estão sendo constantemente refinados, segundo informou o principal assessor de segurança do presidente Donald Trump.

Em entrevista concedida neste domingo ao canal Fox News, o conselheiro de segurança nacional H. R. McMaster observou que as opções militares são discutidas e melhoradas à medida que crescem as tensões entre Washington e Pyongyang.

“Nossas forças militares estão ficando cada vez mais fortes e nossos líderes militares estão refinando, melhorando os planos, todos os dias”, disse McMaster. “Planos que esperamos não ter que usar, mas devemos estar prontos”.

O conselheiro de Trump ainda defendeu a postura do republicano, que mantém há semanas uma retórica agressiva contra o governo norte-coreano, que por sua vez disse seguidas vezes ter condições de atacar e causar danos aos Estados Unidos.

“O presidente foi muito claro sobre isso. Ele não vai permitir que esse regime desonesto, de Kim Jong-un, ameace os Estados Unidos com uma arma nuclear”, disse ele, referindo-se ao líder norte-coreano. “Então ele vai fazer qualquer coisa necessária para evitar que isso aconteça”.

Trump usou a tribuna da ONU para ameaçar “destruir totalmente” a Coreia do Norte, dias após o mais recentes testes de mísseis balísticos e testes nucleares do país asiático neste ano.

Já Pyongyang afirma que está desenvolvendo uma capacidade bélica para atacar o continente americano com uma arma nuclear, como uma forma de responder à hostilidade estadunidense.

“Todas as nossas forças armadas estão chegando a um alto grau de preparação para esta missão, se for necessário”, concluiu McMaster.

Artigos relacionados

Tóquio confirma 986 novos casos de infecção por coronavírus chinês neste domingo (24)

Tóquio confirma 986 novos casos de infecção por coronavírus chinês neste domingo (24) O Governo Metropolitano de Tóquio confirmou 986 novos casos de infecção por...

Previsão de mais neve na região central de Tóquio

Previsão de mais neve na região central de Tóquio Autoridades meteorológicas do Japão estão alertando para mais neve nas áreas ao redor de Tóquio, principalmente...

Chefes de Defesa do Japão e EUA conversam sobre a Ásia por telefone

Chefes de Defesa do Japão e EUA conversam sobre a Ásia por telefone O Ministro da Defesa japonês, Kishi Nobuo, e o Secretário de Defesa...

ÁSIA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - BRASIL

Fiocruz libera vacina de Oxford para distribuição aos estados

0
Fiocruz libera vacina de Oxford para distribuição aos estados A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) liberou neste sábado (23), para distribuição aos estados, as doses da...
Translate »