7.5 C
Kōnan
terça-feira, 24 de novembro de 2020

Mídia: OTAN intensifica preparativos para a guerra

Estatística COVID19 - Coronavírus

Total Global
Última atualização em:
Casos

Mortes

Recuperados

Active

Casos Today

Mortes Today

Critical

Affected Countries

Tóquio confirma 314 novos casos de infecção por coronavírus chinês nesta segunda-feira (23)

Tóquio confirma 314 novos casos de infecção por coronavírus chinês nesta segunda-feira (23) Autoridades do governo metropolitano de Tóquio confirmam 314 novos casos de infecção...

Pessoas viajam no Japão apesar dos riscos de infecção pelo vírus chinês

Pessoas viajam no Japão apesar dos riscos de infecção pelo vírus chinês Neste um fim de semana de três dias no Japão, muitas pessoas têm...

População de Taiwan protesta contra importação de carne suína dos EUA

População de Taiwan protesta contra importação de carne suína dos EUA Um grande número de pessoas em Taiwan saíram às ruas para exigir que o...

Champs-Elysees iluminados em meio a pandemia

Champs-Elysees iluminados em meio a pandemia O Champs-Elysees em Paris foi iluminado para o Natal, enquanto o coronavírus chinês continua a se espalhar. Quatrocentas árvores ao...

EUA se retira formalmente do Tratado “Open Skies”

EUA se retira formalmente do Tratado "Open Skies" Os Estados Unidos deixaram formalmente o Tratado "Open Skies - Céus Abertos", que permite aos membros realizar...

Mídia: OTAN intensifica preparativos para a guerra. A decisão de enviar tropas adicionais ao Leste da Europa mostrou que a aliança prepara o reforço mais ambicioso das forças armadas na Europa, desde os tempos da Guerra Fria, escreve a edição norueguesa do Steigan blogger.

Os países-membros da OTAN vão colocar 4 mil de soldados perto das fronteiras russas, aos quais, em caso de emergência se juntarão as forças de reação rápida, que contam com 40 mil homens, escreve o autor do artigo.

Com o apoio de unidades da França e Dinamarca, o Reino Unido enviará para a Estônia 800 soldados completamente equipados. Além disso, pela primeira vez desde a queda do regime nazista, a Alemanha também se comprometeu a enviar forças militares à fronteira com a Rússia. Simultaneamente, foi tomada a decisão sobre a instalação de 330 soldados dos EUA na Noruega, país que nunca participou em eventos deste tipo, mesmo em momentos mais tensos da Guerra Fria.

As autoridades da aliança não se cansam de repetir que “o ataque a qualquer membro da aliança será considerado como um ataque contra todos os aliados”. No entanto, não fica claro de que tipo de “ataque” se trata.

Não há absolutamente nenhum sinal de que a Rússia se esteja preparando para um confronto armado com algum país vizinho. Como resultado, as “medidas de defesa” se transformam em escalada por parte da OTAN, que acaba fomentando a guerra e desestabilizando a Europa, observa o autor do artigo.

No entanto, há aqueles para quem esta mobilização de forças contra o “inimigo” pode ser benéfico. Os militares estimulam a indústria militar e isto é um meio eficaz de conter os ânimos de oposição dentro dos países. Em uma situação em que a Europa está atolada em numerosos problemas económicos e políticos, os planos da OTAN vêm mesmo a calhar, conclui edição noroguesa Steigan blogger.

Artigos relacionados

Líderes pró-democracia de Hong Kong são presos

Líderes pró-democracia de Hong Kong são presos Os principais líderes pró-democracia de Hong Kong foram mantidos sob custódia depois de se declararem culpados no tribunal...

População de Taiwan protesta contra importação de carne suína dos EUA

População de Taiwan protesta contra importação de carne suína dos EUA Um grande número de pessoas em Taiwan saíram às ruas para exigir que o...

Champs-Elysees iluminados em meio a pandemia

Champs-Elysees iluminados em meio a pandemia O Champs-Elysees em Paris foi iluminado para o Natal, enquanto o coronavírus chinês continua a se espalhar. Quatrocentas árvores ao...

ÁSIA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - BRASIL

Bolsonaro defende agricultura em discurso ao G20

0
Bolsonaro defende agricultura em discurso ao G20 O presidente Jair Bolsonaro defendeu a agricultura nacional em seu discurso domingo (22), no segundo dia de debates...
Translate »