Vice-presidente chinês pede diálogo para melhorar relações com os EUA

O vice-presidente da China, Wang Qishan, pediu diálogo e consultas para relações bilaterais saudáveis ​​e estáveis ​​entre seu país e os Estados Unidos, informou a agência de notícias chinesa Xinhua nesta quinta-feira (10).

Image © (Wang Qishan, novo vice-presidente da China, no 19º Congresso do Partido Comunista chinês, em 2017 / Reprodução / via Agência Sputnik) Jan/2019

Vice-presidente chinês pede diálogo para melhorar relações com os EUA.

O vice-presidente da China, Wang Qishan, pediu diálogo e consultas para relações bilaterais saudáveis ​​e estáveis ​​entre seu país e os Estados Unidos, informou a agência de notícias chinesa Xinhua nesta quinta-feira (10).

Qishan disse que deve haver um respeito mútuo nos campos de soberania, segurança e interesses de desenvolvimento. As diferenças devem ser cuidadas e controladas, também afirmou o vice-presidente chinês.

Suas declarações foram feitas durante o 40º aniversário do estabelecimento de relações diplomáticas entre a China e os Estados Unidos no Grande Salão do Povo em Pequim.

A China e os Estados Unidos fizeram progressos em “questões estruturais” nas negociações nesta semana, depois que a guerra comercial diminuiu o fluxo de mercadorias no valor de centenas de bilhões de dólares.

O presidente dos EUA, Donald Trump, disse nesta quinta-feira que o país estava tendo um tremendo sucesso em suas negociações comerciais com a China, um dia depois de as autoridades americanas e chinesas terem concluído três dias de negociações em Pequim.