Renomada jornalista filipina é liberada sob fiança

Uma renomada jornalista filipina que passou uma noite sob custódia, por suspeita de difamação cibernética, foi libertada sob fiança. O site de Maria Ressa, Rappler, é conhecido por suas reportagens críticas contra o presidente do país.

Image © (Jornalista Maria Ressa, do website Rappler / Reprodução / via Reuters) Feb/2019

Renomada jornalista filipina é liberada sob fiança

Uma renomada jornalista filipina que passou uma noite sob custódia, por suspeita de difamação cibernética, foi libertada sob fiança. O site de Maria Ressa, Rappler, é conhecido por suas reportagens críticas contra o presidente do país.

Ela disse que “Eu sempre digo que isso foi politicamente motivado e eu não sei porque o governo tem medo da verdade. Para mim, é sobre duas coisas; abuso de poder e o armamento da lei. Isso não é apenas sobre mim e não é apenas sobre o Rappler “.

Seu caso tem a ver com um artigo de 2012.

Implicou um empresário em uma denúncia de assassinato e tráfico, baseada em informações. O homem negou as acusações com o Ministério da Justiça do país, acusando Ressa.

Em um comunicado, o website Rappler disse que o caso é “um absurdo”. Acrescentou que se a prisão de Ressa for uma tentativa de intimidação, não será bem sucedida.

Grupos de direitos humanos criticaram o caso de Ressa como “politicamente motivado”.

Esta não é a primeira vez que Ressa enfrenta problemas legais. Ela foi libertada sob fiança no final do ano passado, depois de acusações de evasão fiscal.

Rappler é conhecido por suas reportagens sobre a guerra do presidente Rodrigo Duterte contra as drogas, com foco no número de vítimas fatais.

No ano passado, ela estava entre as nomeadas como a “Personalidade do Ano” da revista Time por essas reportagens.