Paulinho Razão: Músico fala sobre seu novo projeto. Paulinho Razão é o idealizador do grupo de samba Razão Brasileira, mas faz carreira solo nos EUA, onde vive em Miami (Flórida) há quase 2 anos. Ele morou por 2 anos em Tokyo (JP) e pretende retornar ao país para apresentações e assim matar as saudades do arquipélago. Ele vai nos contar sobre sua trajetória, os novos projetos e sobre O Razão Brasileira, um grupo que traz a essência do autêntico samba carioca. Paulinho Razão e O Razão Brasileira está com um novo trabalho, que se denomina “É Verdade”, com o Paulinho no cavaco, violão e voz onde tem planos de se apresentarem nos palcos brasileiros e do exterior, retornando com força total junto ao público que tem acompanhado a trajetória da banda nesses anos de carreira, mas também com o objetivo de estar conquistando novos seguidores. Eles estarão excursionando por todo o Brasil e pretendem levar o show para o exterior com um belo espetáculo, onde apresentarão os grandes sucessos do Razão Brasileira e de outros ícones do samba e MPB, e as músicas inéditas do seu novo CD.

11781896_933840596678890_5465461176265849170_n

Paulinho, quando nasceu o Razão Brasileira?
Se o samba tem uma razão de ser, com certeza é uma Razão Brasileira! Foi dessa frase que surgiu o nome da banda e o meu nome artístico Paulinho Razão. O Razão Brasileira foi criado em 1983 no Rio de Janeiro, no bairro de Vila Kosmos. Foi quando tudo começou, trabalhando na noite carioca, passamos a acompanhar artistas como Almir Guineto, Jovelina Perola Negra, Jorge Aragão entre outros grandes nomes do samba.

E quando aconteceu o primeiro sucesso da banda?
Gravamos o primeiro LP/ K7, que após 3 meses no mercado teria a musica mais tocada no Brasil inteiro “Eu Menti” com o refrão consagrado pelo povo; “Ai vem o desespero machucando o coração
Eu me entrego por inteiro implorando seu perdão..”

Quantos prêmios receberam no decorrer da carreira?11329904_10155739322475291_4128621096364372907_n
Recebemos discos de ouro, platina, platina duplo, diamante, prêmios internacionais como disco de ouro em toda a América do Sul e Bacharel do Samba nos EUA.

Com uma carreira internacional, quais os países onde se apresentaram?
Foram shows em mais de 40 países como Japão, EUA, Europa, Emirados Arabes, Africa onde nossas músicas chegaram a marca de quase 5 milhões de copias vendidas ao longo desses 30 anos, tendo inclusive feito num só ano 304 shows.

Quais as músicas que foram o auge da banda?
Os principais sucessos foram; Eu Menti/ Naturalmente/ Novos Tempos/ Mata Papai/ Telefone/ Medo/ Réu Confesso e regravações como Andança/ Maluco Beleza/ Óculos/ Deixa Chover/ O Mundo e um Moinho…entre outras.

11222833_1618528111730488_3296346606133970497_oA banda se apresentou até para a realeza?
Na nossa passagem por Londres, fizemos 2 shows para a Princesa Diana, na famosa Anabell’s Private Club.

Vivendo em Miami, onde costuma se apresentar?
Estou fazendo shows nos EUA em Miami/ Orlando/ Tampa/ Deerfield Beach/ Pompano Beach…abaixo a agenda da semana.

Quarta-feira—Barracuda—Deerfield Beach
Sexta feira—Viva Brazil—Hollywood
Sabado—-Brazuca;s—–Doral
Sabado—Patio Brasil—North Miami Beach
Domingo–Feijao com Arroz—Pompano Beach

Outros shows agosto e setembro
Boteco Orlando
Camila’s—Orlando
Cafe Mineiro—Orlando
Vila Brasil Cafe–Sarasota
Dale 1891—Tampa Bay11033927_1565361030380530_7500451652494124788_n

Quais são os projetos que pretende realizar no momento?
O meu projeto para 2015 é um Dvd com o titulo Razão Brasileira 30 e tantos anos, onde estarei reunindo os sucessos próprios, com a participação de vários convidados, principalmente os que fizeram parte da minha historia. É um projeto com regravações e musicas inéditas. Pretendo realizar esse projeto aqui nos EUA em outubro de 2015.

Pretende voltar a viver no Brasil?
Voltarei apenas para gravar o CD, depois retorno para os EUA, onde me tornei residente americano.

Terminamos por aqui Paulinho. Obrigada

Da Redação by Cleo Oshiro

 

Falyer Paulinho Red

Artigo anteriorFrente Parlamentar propõe mudança gradual de presidencialismo para parlamentarismo
Próximo artigoMuseu do Automóvel da Toyota
Cleo Oshiro
Sou a Cleo Oshiro, uma mineira que no ano de 2002 optou por viver no Japão com a família. Em 2010 a Revista GVK Internacional no Brasil, especializada em karaokê, me descobriu no Orkut e através da minha paixão pela música e karaokê, decidiram fazer uma matéria sobre minha vida aqui no Japão, afinal foi aqui na cidade de Kobe que ele surgiu e se espalhou pelo mundo. Com a repercussão da matéria, eles me convidaram para ser a Correspondente Internacional da revista no Japão e aceitei o desafio e não parei mais. Fui Colunista Social por 2 anos no Portal Mie/Japão, da Revista Baladas Internacional/ Suiça, na BDCiTV/EUA e na Revista Biografia/ Brasil, realizando entrevistas com várias personalidades do meio artístico. Minhas matérias são para divulgar o trabalho dos artistas, sem apelos sensacionalistas, mesmo porque meu foco é mostrar a imensidão de talentos espalhados pelo mundo sejam famosos ou não. Atualmente faço parte da equipe da Rádio Shiga, onde faço matérias artísticas e sou a idealizadora do programa musical The Best Of Brazilian Music em parceria com o Omote-san. O programa foi suspenso devido problemas interno, mas o tempo em que esteve no ar levava a música brasileira à outros países da Asia. O programa The Best Of Brazilian Music era apresentado em inglês pela DJ Shine Dory, uma filipina apaixonada pela MPB e Bossa Nova. A escolha pelo idioma foi para alcançar japoneses e estrangeiros que vivem no Japão, já que inglês é um idioma universal e os brasileiros já contavam com o acesso as informações dos artistas através das matérias publicadas por mim no site