Operador pretende desmontar reator na usina de Onagawa, em Miyagi-Ken

A Tohoku Electric Power Company informou à Prefeitura de Miyagi que vai desativar um reator envelhecido em sua usina nuclear de Onagawa.

Image © (Usina nuclear de Onagawa, província de Miyagi / Reprodução / via Kyodo News) Oct/2018

Operador pretende desmontar reator na usina de Onagawa, em Miyagi-Ken.

A Tohoku Electric Power Company informou à Prefeitura de Miyagi que vai desativar um reator envelhecido em sua usina nuclear de Onagawa.

Os três reatores da usina, no nordeste do Japão, estão desligados desde o terremoto e tsunami de março de 2011.

O presidente da empresa, Hiroya Harada, transmitiu sua decisão ao governador de Miyagi, Yoshihiro Murai, nesta quinta-feira (25).

Harada explicou que medidas adicionais de segurança criariam dificuldades técnicas, já que o reator número 1 tem mais de 30 anos. As medidas são exigidas pelos regulamentos governamentais que foram introduzidos após o desastre de 2011.

Murai pediu à Tohoku Electric Power para dar prioridade máxima à segurança no desmantelamento do reator, já que o trabalho deve demorar muito tempo. O governador também pediu à concessionária que divulgue informações e mantenha fontes de energia estáveis.

A empresa espera colocar os outros dois reatores de volta em operação. O reator número 2 está sendo verificado pelo regulador nuclear, e a empresa está se preparando para solicitar uma inspeção do reator número 3.

Opertadores decidiram desmantelar 10 reatores em 7 usinas, incluindo Onagawa, desde o desastre de 2011 na usina de Fukushima Daiichi. Eles citam o enorme custo de medidas adicionais de segurança. Estes números não incluem os 6 reatores de Fukushima Daiichi.