Guatemala encontra migrantes de outros países em caravana hondurenha

"Foram localizadas nos últimos dias aproximadamente 199 pessoas de Camarões, da Etiópia, de Gana, do Haiti, da Eritreia e do Sri Lanka sem a documentação necessária para entrar e permanecer na Guatemala", informou o Instituto Guatemalteco de Migração em comunicado.

Image © (Hondurenhos cruzam a Guatemala na tentativa de chegar aos EUA / Reprodução / via Agência Brasil) Oct/2018

Guatemala encontra migrantes de outros países em caravana hondurenha.

“Foram localizadas nos últimos dias aproximadamente 199 pessoas de Camarões, da Etiópia, de Gana, do Haiti, da Eritreia e do Sri Lanka sem a documentação necessária para entrar e permanecer na Guatemala”, informou o Instituto Guatemalteco de Migração em comunicado.

Estas pessoas, segundo a entidade, foram levadas a um centro de amparo a migrantes para resolver a situação burocrática.

“A migração é um direito universal, mas deve acontecer dentro do marco legal estabelecido em cada país, sem expor a integridade física das pessoas, principalmente dos menores de idade”, advertiu a instituição.

Uma primeira caravana de migrantes, agora formada por cerca de 7 mil pessoas, começou no último dia 13, em San Pedro Sula (Honduras), a longa caminhada em direção aos Estados Unidos, e grande parte dela passa agora pelo México, após deixar a Guatemala.

Uma segunda caravana, de 1,5 mil pessoas, atravessa agora a Guatemala, dividida em vários grupos, também rumo aos Estados Unidos.

O presidente americano, Donald Trump, ameaçou enviar o Exército à fronteira com o México e advertiu que reduzirá substancialmente a ajuda econômica que os EUA concedem à Guatemala, a Honduras e a El Salvador como represália pelo avanço dos migrantes, além de ter criticado o governo mexicano por não impedi-la.