EUA fazem pedido formal de extradição de diretora da Huawei

O governo dos EUA pediu, formalmente, ao Canadá que extraditasse a diretora financeira da gigante de telecomunicações chinesa Huawei Technologies.

Image © (Diretora Financeira da Huawei, Meng Wanzhou / Reprodução / via The Globe) Jan/2019

EUA fazem pedido formal de extradição de diretora da Huawei.

O governo dos EUA pediu, formalmente, ao Canadá que extraditasse a diretora financeira da gigante de telecomunicações chinesa Huawei Technologies.

A solicitação foi feita nesta segunda-feira (28), depois que o Departamento de Justiça dos EUA anunciou que apresentou acusações criminais contra a Huawei e sua diretora financeira, Meng Wanzhou, juntamente com duas afiliadas.

As acusações incluem fraudes envolvendo transações financeiras que violam as sanções dos EUA contra o Irã.

Meng está, atualmente, no Canadá. Ela foi presa no mês passado por autoridades canadenses a pedido dos Estados Unidos. Mais tarde, ela foi libertada sob fiança, na condição de que entregasse o passaporte.

Um tribunal canadense decidirá, agora, se deve prosseguir com os procedimentos de extradição. O ministro da justiça do Canadá tomará a decisão final.

As tensões entre os EUA e a China estão aumentando antes das negociações comerciais em nível ministerial, programadas para começar nesta quarta-feira (30).

Funcionários da administração do presidente Donald Trump dizem que o caso da Huawei e as negociações comerciais são questões separadas.

Mas a China reagiu fortemente à acusação de Meng e à sua possível extradição.