Detenção de Ghosn prorrogada por 10 dias

O Tribunal Distrital de Tóquio aprovou nesta segunda-feira (31), o pedido dos procuradores para deter o ex-presidente da Nissan Motor Carlos Ghosn por mais 10 dias.

Image © (Ex-presidente da Nissan, Carlos Ghosn / Reprodução / via Al Jazeera) Dec/2018

Detenção de Ghosn prorrogada por 10 dias.

O Tribunal Distrital de Tóquio aprovou nesta segunda-feira (31), o pedido dos procuradores para deter o ex-presidente da Nissan Motor Carlos Ghosn por mais 10 dias.

Ele permanecerá sob custódia até 11 de janeiro.

Ghosn recebeu um novo mandado de prisão em 21 de dezembro, sobre alegações de violação agravada de confiança em conexão com acusações de que ele transferiu perdas de investimentos privados para a empresa.