Declaração da ASEAN expressa preocupação com atividades da China

A Associação de Nações do Sudeste Asiático (ASEAN na sigla em inglês) emite uma declaração expressando a preocupação com as contínuas atividades da China, no Mar do Sul da China.

Image © (Foto aérea do Recife de Subi nas Ilhas Spratlys, invadida pela China / Reprodução / ABS-CBN News) Nov/2018

Declaração da ASEAN expressa preocupação com atividades da China.

A Associação de Nações do Sudeste Asiático (ASEAN na sigla em inglês) emite uma declaração expressando a preocupação com as contínuas atividades da China, no Mar do Sul da China.

A NHK obteve o rascunho da declaração do presidente da ASEAN, que será emitida após a cúpula, que começará no dia 13 de novembro em Cingapura, seguindo-se uma série de reuniões envolvendo o Japão, a China e outros países da região.

O esboço diz que a ASEAN tem “algumas preocupações” sobre a recuperação de terra e atividades no Mar do Sul da China, acrescentando que “erodiram a confiança e podem minar a paz, segurança e estabilidade na região”.

Quando as Filipinas sediaram o forum da ASEAN no ano passado, a declaração do presidente não incluiu a palavra “preocupações” porque o país anfitrião queria melhorar os laços com Pequim.

A palavra está sendo usada este ano para refletir a postura de Cingapura, de respeitar o direito internacional.

O rascunho diz ainda que os membros da ASEAN são encorajados, pelo progresso das negociações substantivas, para a rápida conclusão de um código de conduta com a China.

O código visa evitar disputas no Mar do Sul da China.