A cantora Hanna foi indicada para ser a Embaixadora do Rio

Hanna, a intérprete de voz aveludada e da Bossa Nova foi indicada para ser Embaixadora do Rio. Indicada pelo presidente Bayard Boiteux, da Associação de Embaixadores do Turismo, a premiação acontece  no dia 25 de  março, no Sofitel do Rio de Janeiro. O prestigiado prêmio, foi criado por Bayard Boiteux há quase três décadas.

Photo by Antonio Guerreiro

Hanna, cantora, atriz e compositora carioca, interpreta de maneira especial os clássicos da Bossa Nova, eternizados pelo Mestre João Gilberto, como Garota de Ipanema, Chega de Saudade, Ela é carioca, Saudade fez um samba, O Pato, Menino do Rio, Inútil paisagem, Dindi, Desafinado, Você e eu, O amor em paz,  Wave, Bahia com H, Meditação, Este seu olhar, entre outros grandes sucessos.

Photo by Humberto Pires

Hanna surpreende o público, repaginando com seu estilo único e a influência inconfundível de João Gilberto, agora sob novos olhares com a suavidade e um timbre único traduzindo toda a sensibilidade à flor da pele dando um toque jazzístico nos clássicos desse grande mestre da Bossa Nova.

Após o carnaval, Hanna começa a gravar o clipe “Bim Bom”, em homenagem à música composta por João Gilberto em 1955, em Juazeiro, onde ele nasceu. A composição foi usada pelo pai da Bossa Nova em seu primeiro compacto, “Chega de Saudade”, em 1957.

Da Redação by Cleo Oshiro

Artigo anteriorBrasil: número de mortos na tragédia de Brumadinho sobe para 134
Próximo artigoTorre de Tóquio iluminada de vermelho pelo Ano Novo Lunar
Cleo Oshiro
Sou a Cleo Oshiro, uma mineira que no ano de 2002 optou por viver no Japão com a família. Em 2010 a Revista GVK Internacional no Brasil, especializada em karaokê, me descobriu no Orkut e através da minha paixão pela música e karaokê, decidiram fazer uma matéria sobre minha vida aqui no Japão, afinal foi aqui na cidade de Kobe que ele surgiu e se espalhou pelo mundo. Com a repercussão da matéria, eles me convidaram para ser a Correspondente Internacional da revista no Japão e aceitei o desafio e não parei mais. Fui Colunista Social por 2 anos no Portal Mie/Japão, da Revista Baladas Internacional/ Suiça, na BDCiTV/EUA e na Revista Biografia/ Brasil, realizando entrevistas com várias personalidades do meio artístico. Minhas matérias são para divulgar o trabalho dos artistas, sem apelos sensacionalistas, mesmo porque meu foco é mostrar a imensidão de talentos espalhados pelo mundo sejam famosos ou não. Atualmente faço parte da equipe da Rádio Shiga, onde faço matérias artísticas e sou a idealizadora do programa musical The Best Of Brazilian Music em parceria com o Omote-san. O programa foi suspenso devido problemas interno, mas o tempo em que esteve no ar levava a música brasileira à outros países da Asia. O programa The Best Of Brazilian Music era apresentado em inglês pela DJ Shine Dory, uma filipina apaixonada pela MPB e Bossa Nova. A escolha pelo idioma foi para alcançar japoneses e estrangeiros que vivem no Japão, já que inglês é um idioma universal e os brasileiros já contavam com o acesso as informações dos artistas através das matérias publicadas por mim no site