26 C
Kōnan
quinta-feira, 1 de outubro de 2020

Residentes de Tóquio oram pelas vítimas de ataques aéreos dos EUA em 1945

Moradores de um bairro de Tóquio lamentaram pelas pessoas que morreram em ataques aéreos nos EUA há 75 anos.

Estatística COVID19 - Coronavírus

Total Global
Última atualização em:
Casos

Mortes

Recuperados

Active

Casos Today

Mortes Today

Critical

Affected Countries

Plano global de vacina possui 167 membros diz OMS

Plano global de vacina possui 167 membros diz OMS O diretor da Organização Mundial da Saúde disse que 167 países e territórios aderiram a um...

Começa a campanha “Go To Eat” no Japão

Começa a campanha "Go To Eat" no Japão O programa japonês "Go To Eat", que incentiva as pessoas a jantar fora, começou nesta quinta-feira (1º)....

Bolsa de Valores de Tóquio suspende as negociações

Bolsa de Valores de Tóquio suspende as negociações A Bolsa de Valores de Tóquio suspendeu todas as negociações devido a problemas no sistema. Ela diz...

China anuncia prisão de 12 manifestantes de Hong kong

China anuncia prisão de 12 manifestantes de Hong kong Promotores chineses dizem ter prendido formalmente 12 ativistas pró-democracia de Hong Kong que foram detidos por...

Bolsonaro lamenta declarações de Biden sobre Amazônia

Bolsonaro lamenta declarações de Biden sobre Amazônia O presidente Jair Bolsonaro lamentou nesta quarta-feira (30) as declarações do candidato à presidência dos Estados Unidos, Joe...

Residentes de Tóquio oram pelas vítimas de ataques aéreos dos EUA em 1945

Moradores de um bairro de Tóquio lamentaram pelas pessoas que morreram em ataques aéreos nos EUA há 75 anos.

Os ataques aéreos de março de 1945 devastaram vastas áreas da capital japonesa. Acredita-se que cerca de 3.000 pessoas nas regiões de Edogawa e Koto tenham perdido suas vidas depois de terem saltado no rio Kyunakagawa para escapar das chamas.

Todos os anos, é realizado um serviço no qual são colocadas lanternas de papel no rio para fazer o luto por aqueles que morreram. Mas este ano, a cerimônia foi cancelada devido ao surto do coronavírus chinês.

Em vez disso, cerca de 30 residentes se reuniram em frente a um cenotáfio para as vítimas neste sábado (15). Eles colocaram flores e ofereceram orações silenciosas.

A mãe de Asanuma Yoshifusa, de 59 anos, que morreu no início deste ano, sobreviveu aos ataques aéreos. Asanuma disse que a melhor maneira de fazer luto por sua mãe é manter a paz mundial.

O líder de um grupo local que organiza o evento da lanterna, Saito Kiyoshi, disse que sente muito pelo cancelamento, mas seu grupo continuará a passar a história do que aconteceu no rio.

SourceNHK World

Artigos relacionados

Tóquio confirma 235 novos de infecção por coronavírus chinês nesta quinta-feira (1º)

Tóquio confirma 235 novos de infecção por coronavírus chinês nesta quinta-feira (1º) O governo metropolitano de Tóquio confirmou 235 novos casos do coronavírus chinês na...

Começa a campanha “Go To Eat” no Japão

Começa a campanha "Go To Eat" no Japão O programa japonês "Go To Eat", que incentiva as pessoas a jantar fora, começou nesta quinta-feira (1º)....

Bolsa de Valores de Tóquio suspende as negociações

Bolsa de Valores de Tóquio suspende as negociações A Bolsa de Valores de Tóquio suspendeu todas as negociações devido a problemas no sistema. Ela diz...

ÁSIA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - BRASIL

Bolsonaro lamenta declarações de Biden sobre Amazônia

0
Bolsonaro lamenta declarações de Biden sobre Amazônia O presidente Jair Bolsonaro lamentou nesta quarta-feira (30) as declarações do candidato à presidência dos Estados Unidos, Joe...
Translate »