26 C
Kōnan
quinta-feira, 1 de outubro de 2020

Conselho de Segurança da ONU rejeita proposta dos EUA para estender o embargo de armas do Irã

O Conselho de Segurança das Nações Unidas rejeitou enfaticamente uma proposta dos EUA de estender um embargo de armas contra o Irã.

Estatística COVID19 - Coronavírus

Total Global
Última atualização em:
Casos

Mortes

Recuperados

Active

Casos Today

Mortes Today

Critical

Affected Countries

Plano global de vacina possui 167 membros diz OMS

Plano global de vacina possui 167 membros diz OMS O diretor da Organização Mundial da Saúde disse que 167 países e territórios aderiram a um...

Começa a campanha “Go To Eat” no Japão

Começa a campanha "Go To Eat" no Japão O programa japonês "Go To Eat", que incentiva as pessoas a jantar fora, começou nesta quinta-feira (1º)....

Bolsa de Valores de Tóquio suspende as negociações

Bolsa de Valores de Tóquio suspende as negociações A Bolsa de Valores de Tóquio suspendeu todas as negociações devido a problemas no sistema. Ela diz...

China anuncia prisão de 12 manifestantes de Hong kong

China anuncia prisão de 12 manifestantes de Hong kong Promotores chineses dizem ter prendido formalmente 12 ativistas pró-democracia de Hong Kong que foram detidos por...

Bolsonaro lamenta declarações de Biden sobre Amazônia

Bolsonaro lamenta declarações de Biden sobre Amazônia O presidente Jair Bolsonaro lamentou nesta quarta-feira (30) as declarações do candidato à presidência dos Estados Unidos, Joe...

Conselho de Segurança da ONU rejeita proposta dos EUA para estender o embargo de armas do Irã

O Conselho de Segurança das Nações Unidas rejeitou enfaticamente uma proposta dos EUA de estender um embargo de armas contra o Irã.

A sanção da ONU impede o Irã de comprar e vender armas convencionais e está prevista para expirar em outubro.

A proposta de prorrogação foi colocada à votação no Conselho de 15 membros na sexta-feira (14). Mas seu único apoiador foi a República Dominicana.

A Rússia e a China se opuseram enquanto a Grã-Bretanha, a França e outros nove se abstiveram. Os dois votos a favor do projeto ficaram muito aquém dos nove necessários para a adoção.

A embaixadora dos EUA na ONU, Kelly Craft, disse que os EUA “têm todo o direito de iniciar o retorno das disposições das resoluções anteriores do Conselho de Segurança”.

O mecanismo de retorno do acordo nuclear de 2015 destina-se a permitir a restauração total das sanções da ONU caso o Irã viole sua parte do acordo.

Mas a Rússia e a China argumentam que os EUA não têm o direito de exigir a restauração das sanções da ONU, uma vez que se retiraram do acordo nuclear há dois anos.

Parece provável que os EUA continuem pressionando para prorrogar o embargo. A administração Trump continua a se referir ao Irã como o principal patrocinador estatal do terrorismo.

SourceNHK World

Artigos relacionados

Plano global de vacina possui 167 membros diz OMS

Plano global de vacina possui 167 membros diz OMS O diretor da Organização Mundial da Saúde disse que 167 países e territórios aderiram a um...

China anuncia prisão de 12 manifestantes de Hong kong

China anuncia prisão de 12 manifestantes de Hong kong Promotores chineses dizem ter prendido formalmente 12 ativistas pró-democracia de Hong Kong que foram detidos por...

Bolsonaro lamenta declarações de Biden sobre Amazônia

Bolsonaro lamenta declarações de Biden sobre Amazônia O presidente Jair Bolsonaro lamentou nesta quarta-feira (30) as declarações do candidato à presidência dos Estados Unidos, Joe...

ÁSIA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - BRASIL

Bolsonaro lamenta declarações de Biden sobre Amazônia

0
Bolsonaro lamenta declarações de Biden sobre Amazônia O presidente Jair Bolsonaro lamentou nesta quarta-feira (30) as declarações do candidato à presidência dos Estados Unidos, Joe...
Translate »