33.3 C
Kōnan
segunda-feira, 10 de agosto de 2020

Presidente filipino assina lei “antiterrorista

As Filipinas promulgaram uma lei antiterrorista que dá maior poder às autoridades de segurança.

Estatística COVID19 - Coronavírus

Total Global
Última atualização em:
Casos

Mortes

Recuperados

Active

Casos Today

Mortes Today

Critical

Affected Countries

Coronavírus chinês prejudica as viagens de verão no Japão

Coronavírus chinês prejudica as viagens de verão no Japão O número de pessoas usando transporte público no Japão é muito menor do que o normal...

Polícia de Hong Kong prende fundados de jornal anti-Pequim

Polícia de Hong Kong prende fundados de jornal anti-Pequim A polícia de Hong Kong prendeu o fundador de um jornal crítico de Pequim e outras...

Atenção com forte calor e tempestades tropicais

Atenção com forte calor e tempestades tropicais O forte calor continuou no Japão nesta segunda-feira (10), com temperaturas máximas de 38 graus Celsius em algumas...

Secretário de Saúde dos EUA encontra com presidente de Taiwan em Taipei

Secretário de Saúde dos EUA encontra com presidente de Taiwan em Taipei O Secretário de Saúde e Serviços Humanos dos EUA, Alex Azar, manteve conversações...

Bolsonaro convida Temer para chefiar missão humanitária no Líbano

Bolsonaro convida Temer para chefiar missão humanitária no Líbano O presidente Jair Bolsonaro participou, na manhã deste domingo (9), de uma videoconferência com outros chefes de Estado...

Presidente filipino assina lei “antiterrorista”

As Filipinas promulgaram uma lei antiterrorista que dá maior poder às autoridades de segurança.

O Presidente, Rodrigo Duterte, assinou a Lei Antiterrorista nesta sexta-feira (3).

A lei permite que a polícia e militares prendam e detenham suspeitos sem mandado de prisão por até 24 dias – mais do que o período estabelecido anteriormente, de três dias.

A lei também permite que as autoridades detenham, não apenas os perpetradores, mas também aqueles que os incitaram ou os recrutaram para organizações terroristas.

Em 2017, militares filipinos travaram ferozes batalhas com militantes islâmicos na ilha sul de Mindanao, deixando mais de 1.000 pessoas mortas.

O país também assistiu a uma série de bombardeios e outros ataques terroristas.

O governo filipino explicou que a nova lei é um meio abrangente para conter a ameaça terrorista.

Mas os grupos de direitos humanos dizem que a definição de terrorismo, sob a lei, é tão obscura que as autoridades poderiam fazer prisões e detenções arbitrárias de críticos do governo. Eles dizem que a nova legislação impulsionaria a posição autoritária de Duterte.

SourceNHK World

Artigos relacionados

Polícia de Hong Kong prende fundados de jornal anti-Pequim

Polícia de Hong Kong prende fundados de jornal anti-Pequim A polícia de Hong Kong prendeu o fundador de um jornal crítico de Pequim e outras...

Secretário de Saúde dos EUA encontra com presidente de Taiwan em Taipei

Secretário de Saúde dos EUA encontra com presidente de Taiwan em Taipei O Secretário de Saúde e Serviços Humanos dos EUA, Alex Azar, manteve conversações...

Bolsonaro convida Temer para chefiar missão humanitária no Líbano

Bolsonaro convida Temer para chefiar missão humanitária no Líbano O presidente Jair Bolsonaro participou, na manhã deste domingo (9), de uma videoconferência com outros chefes de Estado...

ÁSIA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - BRASIL

Bolsonaro convida Temer para chefiar missão humanitária no Líbano

0
Bolsonaro convida Temer para chefiar missão humanitária no Líbano O presidente Jair Bolsonaro participou, na manhã deste domingo (9), de uma videoconferência com outros chefes de Estado...
Translate »