33.3 C
Kōnan
segunda-feira, 10 de agosto de 2020

65 migrantes no Mar Mediterrâneo testam positivo para o coronavírus chinês

Mais de 60 migrantes testaram positivo para o coronavírus chinês após serem resgatados no Mar Mediterrâneo por Malta.

Estatística COVID19 - Coronavírus

Total Global
Última atualização em:
Casos

Mortes

Recuperados

Active

Casos Today

Mortes Today

Critical

Affected Countries

Coronavírus chinês prejudica as viagens de verão no Japão

Coronavírus chinês prejudica as viagens de verão no Japão O número de pessoas usando transporte público no Japão é muito menor do que o normal...

Polícia de Hong Kong prende fundados de jornal anti-Pequim

Polícia de Hong Kong prende fundados de jornal anti-Pequim A polícia de Hong Kong prendeu o fundador de um jornal crítico de Pequim e outras...

Atenção com forte calor e tempestades tropicais

Atenção com forte calor e tempestades tropicais O forte calor continuou no Japão nesta segunda-feira (10), com temperaturas máximas de 38 graus Celsius em algumas...

Secretário de Saúde dos EUA encontra com presidente de Taiwan em Taipei

Secretário de Saúde dos EUA encontra com presidente de Taiwan em Taipei O Secretário de Saúde e Serviços Humanos dos EUA, Alex Azar, manteve conversações...

Bolsonaro convida Temer para chefiar missão humanitária no Líbano

Bolsonaro convida Temer para chefiar missão humanitária no Líbano O presidente Jair Bolsonaro participou, na manhã deste domingo (9), de uma videoconferência com outros chefes de Estado...

65 migrantes no Mar Mediterrâneo testam positivo para o coronavírus chinês

Mais de 60 migrantes testaram positivo para o coronavírus chinês após serem resgatados no Mar Mediterrâneo por Malta.

Na terça-feira (28), o Ministério da Saúde de Malta disse que 85 migrantes foram testados para o vírus chinês após chegarem ao país em um barco no dia anterior, e que 65 deles, ou mais de 75%, foram diagnosticados com o coronavírus chinês.

Um grupo de ajuda diz que o navio partiu da nação norte-africana da Líbia e esperou mais de um dia em águas ao largo de Malta para ser resgatado.

O ministério diz que as pessoas do navio estão isoladas.

A mídia local diz que este é o maior grupo de infecções em Malta.

Alguns observadores dizem que os migrantes estão expostos ao risco de infecção em condições precárias e de muita aglomeração enquanto estão na Líbia, antes de iniciar a viagem através do mar para a Europa. Eles também enfrentam condições precárias nos barcos.

O equilíbrio entre salvar a vida dos migrantes e prevenir infecções tornou-se um grande desafio.

SourceNHK World

Artigos relacionados

Tóquio confirma 197 casos de coronavírus chinês nesta segunda-feira (10)

Tóquio confirma 197 casos de coronavírus chinês nesta segunda-feira (10) O governo metropolitano de Tóquio confirmou que 197 pessoas foram infectadas com o novo coronavírus...

Coronavírus chinês prejudica as viagens de verão no Japão

Coronavírus chinês prejudica as viagens de verão no Japão O número de pessoas usando transporte público no Japão é muito menor do que o normal...

Polícia de Hong Kong prende fundados de jornal anti-Pequim

Polícia de Hong Kong prende fundados de jornal anti-Pequim A polícia de Hong Kong prendeu o fundador de um jornal crítico de Pequim e outras...

ÁSIA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - BRASIL

Bolsonaro convida Temer para chefiar missão humanitária no Líbano

0
Bolsonaro convida Temer para chefiar missão humanitária no Líbano O presidente Jair Bolsonaro participou, na manhã deste domingo (9), de uma videoconferência com outros chefes de Estado...
Translate »