24.2 C
Kōnan
quinta-feira, 9 de julho de 2020

Polícia faz primeira prisão devido à proibição de revenda de máscaras

A polícia no Japão informa que fez a primeira prisão pela violação da proibição de revenda de máscaras, que foi introduzida para impedir que fossem revendidas a preços inflacionados em meio ao surto do coronavírus chinês.

Estatística COVID19 - Coronavírus

Total Global
Última atualização em:
Casos

Mortes

Recuperados

Active

Casos Today

Mortes Today

Critical

Affected Countries

Japão flexibilizará as restrições sobre as aglomerações

Japão flexibilizará as restrições sobre as aglomerações O governo japonês instruiu as 47 prefeituras do país a tomarem as devidas medidas ao aprovar uma nova...

Chuvas torrenciais podem atingir extensas áreas do Japão

Chuvas torrenciais podem atingir extensas áreas do Japão Uma persistente frente de precipitação sazonal pode trazer chuvas torrenciais no oeste e leste do Japão até...

Terremoto de M4.7 atinge a região de Kanto

Terremoto de M4.7 atinge a região de Kanto Um terremoto de magnitude 4,7 atingiu a região de Kanto por volta das 6:05 da manhã desta...

Passa de 150 o número de casos novos do coronavírus chinês no Japão

Passa de 150 o número de casos novos do coronavírus chinês no Japão As autoridades japonesas informaram nesta quarta-feira (8), que mais 157 pessoas foram...

SAAB inicia a produção do Gripen no Brasil

SAAB inicia a produção do Gripen no Brasil A SAAB Aeronáutica Montagens (SAM), primeira fábrica de aeroestruturas da SAAB fora da Suécia para o novo...

Polícia faz primeira prisão devido à proibição de revenda de máscaras

A polícia no Japão informa que fez a primeira prisão pela violação da proibição de revenda de máscaras, que foi introduzida para impedir que fossem revendidas a preços inflacionados em meio ao surto do coronavírus chinês.

Fujii Junki foi preso por suspeita de revender 16.000 máscaras que ele havia comprado de um importador em abril. Fujii dirige uma empresa de limpeza na cidade de Takamatsu, no oeste do país.

Ele, supostamente, vendeu para dois autônomos por cerca de cerca de 5 centavos por máscara.

A polícia diz que as máscaras eram um lote de 70.000 máscaras que ele tinha comprado por cerca de 3 milhões de ienes, ou 28.000 dólares.

Investigadores dizem que Fujii vendeu as máscaras restantes, anunciando para compradores nas mídias sociais.

A proibição foi introduzida em março, depois que a grave escassez de oferta levou algumas pessoas a revender máscaras a preços acentuadamente altos para obter ganhos financeiros.

A polícia diz acreditar que a Fujii também comprou outras 90 mil máscaras e as revendeu para ganhar milhares de dólares.

SourceNHK World

Artigos relacionados

Shinjuko, em Tóquio, fornecerá ajuda financeira a residentes infectados

Shinjuko, em Tóquio, fornecerá ajuda financeira a residentes infectados Autoridades de Shinjuku, Tóquio, informam que oferecerão 100.000 ienes, ou cerca de 930 dólares, aos residentes...

Japão flexibilizará as restrições sobre as aglomerações

Japão flexibilizará as restrições sobre as aglomerações O governo japonês instruiu as 47 prefeituras do país a tomarem as devidas medidas ao aprovar uma nova...

Chuvas torrenciais podem atingir extensas áreas do Japão

Chuvas torrenciais podem atingir extensas áreas do Japão Uma persistente frente de precipitação sazonal pode trazer chuvas torrenciais no oeste e leste do Japão até...

ÁSIA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - BRASIL

SAAB inicia a produção do Gripen no Brasil

0
SAAB inicia a produção do Gripen no Brasil A SAAB Aeronáutica Montagens (SAM), primeira fábrica de aeroestruturas da SAAB fora da Suécia para o novo...
Translate »