32.8 C
Kōnan
quinta-feira, 13 de agosto de 2020

Pioneiro do petróleo de xisto dos EUA pede falência

A empresa americana pioneira em perfuração de xisto, Chesapeake Energy, entrou com um pedido de proteção contra falência em meio à baixa demanda de energia.

Estatística COVID19 - Coronavírus

Total Global
Última atualização em:
Casos

Mortes

Recuperados

Active

Casos Today

Mortes Today

Critical

Affected Countries

China critica visita do Secretário americano em Taiwan

China critica visita do Secretário americano em Taiwan O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Zhao Lijian, reiterou a oposição de Pequim às...

Secretário de Saúde dos EUA encerra visita a Taiwan

Secretário de Saúde dos EUA encerra visita a Taiwan O Secretário de Saúde e Serviços Humanos dos EUA, Alex Azar, encerrou a sua viagem de...

Parlamentares japoneses protestam contra a prisão de ativistas de Hong Kong

Parlamentares japoneses protestam contra a prisão de ativistas de Hong Kong Um grupo não partidário de legisladores japoneses emitiu uma declaração em protesto contra as...

LETRUX lança no YouTube o clipe da música “Vai Brotar”

LETRUX lança no YouTube o clipe da música "Vai Brotar" A cantora e compositora Letícia Novaes, a Letrux, encerra o mês de julho com o...

Tóquio relata 222 novos casos de coronavírus chinês nesta quarta-feira (12)

Tóquio relata 222 novos casos de coronavírus chinês nesta quarta-feira (12) O governo metropolitano de Tóquio relatou 222 novos casos de coronavírus chinês na capital,...

Pioneiro do petróleo de xisto dos EUA pede falência

A empresa americana pioneira em perfuração de xisto, Chesapeake Energy, entrou com um pedido de proteção contra falência em meio à baixa demanda de energia.

A empresa entrou com um pedido de falência, no Capítulo 11, no Tribunal de Falências do Distrito Sul do Texas, neste domingo (28).

A Chesapeake perfurou petróleo e gás em camadas de rocha profunda, e tem uma história de mais de 30 anos no ramo de energia.

Mas incorreu em dívidas de quase 9 bilhões de dólares através de investimentos agressivos de capital e desenvolvimento tecnológico.

O surto do coronavírus chinês causou a queda dos preços do petróleo bruto em todo o mundo, e afetou severamente o desempenho da empresa.

A expansão da produção de petróleo de xisto ajudou a transformar os Estados Unidos no maior produtor mundial de petróleo.

Mas a produção é cara em comparação com o petróleo bruto do Oriente Médio, e as falências de empresas americanas têm aumentado desde abril.

Uma pesquisa mostra que mais de 80% dessas empresas, sediadas no Texas e nos estados vizinhos, suspenderam ou cortaram a produção.

SourceNHK World

Artigos relacionados

China critica visita do Secretário americano em Taiwan

China critica visita do Secretário americano em Taiwan O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Zhao Lijian, reiterou a oposição de Pequim às...

Secretário de Saúde dos EUA encerra visita a Taiwan

Secretário de Saúde dos EUA encerra visita a Taiwan O Secretário de Saúde e Serviços Humanos dos EUA, Alex Azar, encerrou a sua viagem de...

Tóquio relata 222 novos casos de coronavírus chinês nesta quarta-feira (12)

Tóquio relata 222 novos casos de coronavírus chinês nesta quarta-feira (12) O governo metropolitano de Tóquio relatou 222 novos casos de coronavírus chinês na capital,...

ÁSIA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - BRASIL

LETRUX lança no YouTube o clipe da música “Vai Brotar”

0
LETRUX lança no YouTube o clipe da música "Vai Brotar" A cantora e compositora Letícia Novaes, a Letrux, encerra o mês de julho com o...
Translate »