27 C
Kōnan
quinta-feira, 13 de agosto de 2020

Mississippi removerá o emblema da Confederação da bandeira

O emblema da Confederação desaparecerá de todas as bandeiras dos Estados Unidos depois que os legisladores do estado sulista do Mississippi aprovarem a legislação para sua remoção.

Estatística COVID19 - Coronavírus

Total Global
Última atualização em:
Casos

Mortes

Recuperados

Active

Casos Today

Mortes Today

Critical

Affected Countries

China critica visita do Secretário americano em Taiwan

China critica visita do Secretário americano em Taiwan O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Zhao Lijian, reiterou a oposição de Pequim às...

Secretário de Saúde dos EUA encerra visita a Taiwan

Secretário de Saúde dos EUA encerra visita a Taiwan O Secretário de Saúde e Serviços Humanos dos EUA, Alex Azar, encerrou a sua viagem de...

Parlamentares japoneses protestam contra a prisão de ativistas de Hong Kong

Parlamentares japoneses protestam contra a prisão de ativistas de Hong Kong Um grupo não partidário de legisladores japoneses emitiu uma declaração em protesto contra as...

LETRUX lança no YouTube o clipe da música “Vai Brotar”

LETRUX lança no YouTube o clipe da música "Vai Brotar" A cantora e compositora Letícia Novaes, a Letrux, encerra o mês de julho com o...

Tóquio relata 222 novos casos de coronavírus chinês nesta quarta-feira (12)

Tóquio relata 222 novos casos de coronavírus chinês nesta quarta-feira (12) O governo metropolitano de Tóquio relatou 222 novos casos de coronavírus chinês na capital,...

Mississippi removerá o emblema da Confederação da bandeira

O emblema da Confederação desaparecerá de todas as bandeiras dos Estados Unidos depois que os legisladores do estado sulista do Mississippi aprovarem a legislação para sua remoção.

As duas câmaras da legislatura do estado do Mississippi aprovaram um projeto de lei neste domingo (28), para remover o emblema de sua bandeira do estado. O símbolo é amplamente considerado como racista.

O estado do sul é o último a manter o emblema como parte de sua bandeira. O Mississippi e outros estados confederados desejavam preservar a instituição da escravidão na época da Guerra Civil no século 19.

A legislação segue os recentes protestos contra a injustiça racial nos Estados Unidos.

O governador do Mississippi, Tate Reeves, expressou apoio à legislação um dia antes de o projeto de lei ser aprovado.

Ele tweetou: “A discussão sobre a bandeira de 1894 tornou-se tão divisiva quanto a própria bandeira e está na hora de acabar com ela. Se me enviarem um projeto de lei neste fim de semana, eu o assinarei”.

Houve outras medidas nos EUA para remover itens associados aos Estados Confederados. O organizador da Nascar proibiu o uso da bandeira Confederada este mês. Muitas estátuas e monumentos ligados à escravidão foram derrubados ou tirados.

SourceNHK World

Artigos relacionados

Governo de Hong Kong usa lei para reprimir dissidentes diz Chow

Governo de Hong Kong usa lei para reprimir dissidentes diz Chow A ativista pró-democracia de Hong Kong, Agnes Chow, denunciou o governo do território por...

China critica visita do Secretário americano em Taiwan

China critica visita do Secretário americano em Taiwan O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Zhao Lijian, reiterou a oposição de Pequim às...

Secretário de Saúde dos EUA encerra visita a Taiwan

Secretário de Saúde dos EUA encerra visita a Taiwan O Secretário de Saúde e Serviços Humanos dos EUA, Alex Azar, encerrou a sua viagem de...

ÁSIA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - BRASIL

LETRUX lança no YouTube o clipe da música “Vai Brotar”

0
LETRUX lança no YouTube o clipe da música "Vai Brotar" A cantora e compositora Letícia Novaes, a Letrux, encerra o mês de julho com o...
Translate »