24.2 C
Kōnan
quinta-feira, 9 de julho de 2020

Trump assina ordem executiva das mídias sociais

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou uma ordem executiva buscando uma revisão das proteções legais concedidas às empresas de mídia social.

Estatística COVID19 - Coronavírus

Total Global
Última atualização em:
Casos

Mortes

Recuperados

Active

Casos Today

Mortes Today

Critical

Affected Countries

Japão flexibilizará as restrições sobre as aglomerações

Japão flexibilizará as restrições sobre as aglomerações O governo japonês instruiu as 47 prefeituras do país a tomarem as devidas medidas ao aprovar uma nova...

Chuvas torrenciais podem atingir extensas áreas do Japão

Chuvas torrenciais podem atingir extensas áreas do Japão Uma persistente frente de precipitação sazonal pode trazer chuvas torrenciais no oeste e leste do Japão até...

Terremoto de M4.7 atinge a região de Kanto

Terremoto de M4.7 atinge a região de Kanto Um terremoto de magnitude 4,7 atingiu a região de Kanto por volta das 6:05 da manhã desta...

Passa de 150 o número de casos novos do coronavírus chinês no Japão

Passa de 150 o número de casos novos do coronavírus chinês no Japão As autoridades japonesas informaram nesta quarta-feira (8), que mais 157 pessoas foram...

SAAB inicia a produção do Gripen no Brasil

SAAB inicia a produção do Gripen no Brasil A SAAB Aeronáutica Montagens (SAM), primeira fábrica de aeroestruturas da SAAB fora da Suécia para o novo...

Trump assina ordem executiva das mídias sociais

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou uma ordem executiva buscando uma revisão das proteções legais concedidas às empresas de mídia social.

Intitulada “Executive Order on Preventing Online Censorship”, a ordem foi emitida na quinta-feira (28). Ela alega que as plataformas online estão engajadas na censura seletiva.

A ordem pede a revisão do escopo de uma lei federal que protege as empresas de mídias sociais de serem responsabilizadas pelo conteúdo postado por seus usuários.

Antes da assinatura, Trump alegou que um punhado de poderosos monopólios de mídia social controla a vasta porção de todas as comunicações públicas e privadas nos Estados Unidos.

Trump tem, repetidamente, argumentado que muitas redes sociais são politicamente tendenciosas.

Ele reagiu com veemência quando o Twitter, na terça-feira, deu um alerta de verificação de fatos aos seus posts sobre a votação por correspondência nas eleições presidenciais de novembro.

Em seu tweet na quinta-feira, o Twitter considerou a ordem executiva “uma abordagem reacionária e politizada de uma lei histórica”. Acrescentou que, “tentativas de corroí-la unilateralmente ameaçam o futuro do discurso online e das liberdades na internet”.

O Google, que tem o YouTube como membro afiliado, também reagiu à mudança. Uma porta-voz disse em uma declaração que eles têm políticas claras de conteúdo e as aplicam sem levar em conta o ponto de vista político. A declaração também alertou que a ação do governo Trump pode prejudicar a posição de liderança do país na liberdade na Internet.

SourceNHK World

Artigos relacionados

SAAB inicia a produção do Gripen no Brasil

SAAB inicia a produção do Gripen no Brasil A SAAB Aeronáutica Montagens (SAM), primeira fábrica de aeroestruturas da SAAB fora da Suécia para o novo...

China abre novo escritório de segurança em Hong Kong

China abre novo escritório de segurança em Hong Kong A China abriu um novo escritório de segurança em Hong Kong, reforçando ainda mais o seu...

EUA restringem vistos a oficiais da China em relação ao Tibete

EUA restringem vistos a oficiais da China em relação ao Tibete O governo dos EUA informa que restringirá os vistos para alguns oficiais chineses porque...

ÁSIA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - BRASIL

SAAB inicia a produção do Gripen no Brasil

0
SAAB inicia a produção do Gripen no Brasil A SAAB Aeronáutica Montagens (SAM), primeira fábrica de aeroestruturas da SAAB fora da Suécia para o novo...
Translate »