Bolo Podre

O Bolo Podre é o favorito em Alentejo, Portugal.  A aparência escura e rústica é uma de suas características e, apesar do nome pouco atraente, este bolo é simplesmente delicioso. Quero dizer – soberbo!

Ingredientes:
1 ¼ xícara (170 g) de farinha de trigo integral
¾ de xícara (120 g) de farinha de trigo branca
2 colheres (chá) de fermento em pó
1 colher (sopa) de canela em pó
½ colher (chá) de cravo em pó
½ xícara (100 g) de açúcar mascavo
5 ovos (claras e gemas separadas)
Casca ralada de 1 laranja grande
¾ de xícara (200 ml) de azeite de oliva
¾ de xícara (200 ml) de mel
¼ de xícara (60 ml) de brandy (veja a dica)

Modo de Preparo:
Preaqueça o forno a 350°F (180°C). Unte bem e polvilhe uma forma, com furo no centro, de 25 cm de diâmetro. Em uma tigela, peneire as farinhas, o fermento, a canela e o cravo. Adicione o sal, misture bem e deixe de lado.

Bolo podre

Na tigela grande da batedeira, bata o açúcar com as gemas até ficar uma mistura firme e clara, cerca de 2 minutos. Junte a casca de laranja e o azeite em fio, batendo constantemente. Aos poucos e sem parar de bater, acrescente o mel e o brandy. Reduza a velocidade (ou use uma espátula) e adicione a mistura de farinhas em três adições.

Bolo podre

Bolo podre

Bata as claras em neve até formar picos moles; misture-a delicadamente à massa em duas adições. Coloque a massa na forma preparada. Asse por 40 minutos ou até que, enfiando um palito no centro, ele saia limpo. Retire do forno e deixe descansar na forma por 10 a 20 minutos. Desenforme e deixe o bolo esfriar completamente.

Bolo podre

Bolo podre

Rendimento: 10 a 12 porções

Sugestão: Depois de completamente frio, embrulhe o bolo em filme plástico e guarde-o em lugar seco e arejado por até dois dias, para acentuar o sabor.

Dica: O sabor intenso e profundo deste bolo é a maravilhosa combinação da canela com o cravo. O brandy completa o sabor, mas ele pode ser substituído por outro licor de frutas. Costumo usar licor de uva passa, feito em casa, e o resultado é sempre positivo.