25.6 C
Kōnan
sexta-feira, 10 de julho de 2020

Produtores de petróleo concordam em corte ‘histórico’ na produção

Autoridades da Arábia Saudita, Rússia e outros países produtores de petróleo dizem que concordaram em reduzir a produção global em um montante "histórico".

Estatística COVID19 - Coronavírus

Total Global
Última atualização em:
Casos

Mortes

Recuperados

Active

Casos Today

Mortes Today

Critical

Affected Countries

Japão permitirá aglomerações maiores apesar do aumento do número de casos do coronavírus chinês

Japão permitirá aglomerações maiores apesar do aumento do número de casos do coronavírus chinês O governo japonês prosseguirá com os planos para aliviar as restrições...

Japão e EUA confirmam estreita cooperação na questão da Coreia do Norte

Japão e EUA confirmam estreita cooperação na questão da Coreia do Norte Diplomatas seniores japoneses e americanos confirmaram uma estreita cooperação no trato com a...

Regulador Nuclear exige que a TEPCO esclareça as responsabilidades

Regulador Nuclear exige que a TEPCO esclareça as responsabilidades O regulador de energia nuclear do Japão exigiu que a Tokyo Electric Power Company - TEPCO...

Prefeito de Seul encontrado morto após desaparecimento

Prefeito de Seul encontrado morto após desaparecimento A polícia sul-coreana informa que o prefeito de Seul foi encontrado morto. A polícia diz que o prefeito, Park...

A forte chuva no Japão deverá continuar até domingo (12)

A forte chuva no Japão deverá continuar até domingo (12) Chuvas torrenciais continuam a atingir a região de Kyushu, que tem registrado recordes de precipitações...

Produtores de petróleo concordam em corte ‘histórico’ na produção

Autoridades da Arábia Saudita, Rússia e outros países produtores de petróleo dizem que concordaram em reduzir a produção global em um montante “histórico”.

Eles esperam aumentar os preços, que sofreram uma queda acentuada devido ao impacto da pandemia do coronavírus chinês.

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo – OPEP, liderada pela Arábia Saudita, e nações não pertencentes à OPEP, incluindo a Rússia, têm estado em conversações para celebrar um acordo coordenado para cortar a produção em um montante recorde.

O acordo alcançado no domingo (12), exige uma redução de 9,7 milhões de barris por dia para maio e junho, representando cerca de 10% da produção mundial.

Os países também concordaram em continuar os cortes para os próximos dois anos, ao mesmo tempo em que gradualmente diminuem as reduções.

Mas analistas dizem que o acordo não será suficiente para eliminar a atual saturação, já que a pandemia continuará a reduzir a demanda.

Os Estados Unidos disseram na sexta-feira (10), que sua produção este ano cairia em até dois milhões de barris por causa da queda nos preços.

SourceNHK World

Artigos relacionados

Japão e EUA confirmam estreita cooperação na questão da Coreia do Norte

Japão e EUA confirmam estreita cooperação na questão da Coreia do Norte Diplomatas seniores japoneses e americanos confirmaram uma estreita cooperação no trato com a...

Prefeito de Seul encontrado morto após desaparecimento

Prefeito de Seul encontrado morto após desaparecimento A polícia sul-coreana informa que o prefeito de Seul foi encontrado morto. A polícia diz que o prefeito, Park...

Uniqlo relata queda nos lucros

Uniqlo relata queda nos lucros O operador da cadeia de confecções casuais japonesa Uniqlo, relatou uma queda acentuada nos lucros para o período de 9...

ÁSIA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - BRASIL

SAAB inicia a produção do Gripen no Brasil

0
SAAB inicia a produção do Gripen no Brasil A SAAB Aeronáutica Montagens (SAM), primeira fábrica de aeroestruturas da SAAB fora da Suécia para o novo...
Translate »