Brasil: empresas criam movimento para evitar demissões durante pandemia do vírus chinês

Com as medidas de fechamento de parte das empresas para diminuir a disseminação do novo coronavírus, um grupo de empresários no Brasil divulgou manifesto no qual se comprometem a manter os empregos dos funcionários, ao menos, pelos próximos dois meses. As empresas que assinam o documento divulgado no site “Não demita!” incluem bancos, corretoras, construtoras, lojas de varejo e algumas do setor de saúde. 

Estatística COVID19 - Coronavírus

Total Global
Última atualização em:
Casos

Mortes

Recuperados

Active

Casos Today

Mortes Today

Critical

Affected Countries

Coreia do Sul realiza exercícios regulares perto das Ilhas Takeshima

Coreia do Sul realiza exercícios regulares perto das Ilhas Takeshima A Coreia do Sul revelou que seus militares realizaram um exercício perto das Ilhas Takeshima,...

Japão se prepara para a segunda onda do vírus chinês

Japão se prepara para a segunda onda do vírus chinês Em todo o Japão, funcionários públicos e empresas privadas estão trabalhando em formas de preparar...

Presidente sul-coreano sugere a Trump convidar o Brasil para cúpula do G7

Presidente sul-coreano sugere a Trump convidar o Brasil para cúpula do G7 O presidente sul-coreano, Moon Jae-in aceitou, nesta segunda-feira (1º), o convite do presidente...

Japão proíbe a entrada de mais 18 países

Japão proíbe a entrada de mais 18 países O Japão pretende proibir a entrada de cidadãos estrangeiros de outros 18 países na luta contra a...

Vivendo no Japão em meio à crise do coronavírus chinês: se estiver tendo problemas com visto ou sofrendo discriminação

Vivendo no Japão em meio à crise do coronavírus chinês: se estiver tendo problemas com visto ou sofrendo discriminação Aos estrangeiro residentes no Japão durante...

Brasil: empresas criam movimento para evitar demissões durante pandemia do vírus chinês

Com as medidas de fechamento de parte das empresas para diminuir a disseminação do novo coronavírus, um grupo de empresários no Brasil divulgou manifesto no qual se comprometem a manter os empregos dos funcionários, ao menos, pelos próximos dois meses. As empresas que assinam o documento divulgado no site “Não demita!” incluem bancos, corretoras, construtoras, lojas de varejo e algumas do setor de saúde.

“Mantendo nossos quadros ajudaremos a evitar ou minimizar um possível colapso econômico e social. Se você tem fábricas ou instalações, siga as orientações da OMS [Organização Mundial da Saúde] e do Ministério da Saúde. Crie um ambiente de trabalho em que as pessoas possam comer e trabalhar com distância física, e assim se sintam tão seguros quanto se estivessem em casa”, diz trecho do manifesto.

Para essas empresa, “a primeira responsabilidade social de uma companhia é retribuir à sociedade o que ela proporciona a você – começando pelas pessoas que dedicam suas vidas, todo dia, ao sucesso do seu negócio”.

O manifesto destaca que demitir um funcionário gera um custo imediato, muitas vezes maior que garantir dois meses de salários, afirmando que há linhas de crédito e soluções que estão sendo criadas para ajudar as empresas a atravessar este momento.

Outra orientação diz respeito à ajuda para o restante da população. “Se você tiver força financeira, ajude as pessoas que moram nas nossas comunidades a terem condições de sobrevivência. Essas pessoas também são empreendedoras. São os vendedores de pipoca, de cachorro-quente, as manicures e diversos outros que não têm com quem contar. Elas também ajudam a levar o nosso país para frente, mas neste momento não podem sair de casa para lutar pela sobrevivência”.

Brasil

Presidente sul-coreano sugere a Trump convidar o Brasil para cúpula do G7

Presidente sul-coreano sugere a Trump convidar o Brasil para cúpula do G7 O presidente sul-coreano, Moon Jae-in aceitou, nesta segunda-feira (1º), o convite do presidente...

Covid-19: Brasil ingressa em consórcio global para produzir vacina

Covid-19: Brasil ingressa em consórcio global para produzir vacina O governo federal anunciou, nesta terça-feira (2), a participação do Brasil no projeto Acelerador de Vacina...

Covid-19 Brasil: 555.383 casos confirmados, 31.199 morte, 223.638 recuperados e 300.546 em recuperação

Covid-19 Brasil: 555.383 casos confirmados, 31.199 morte, 223.638 recuperados e 300.546 em recuperação O balanço diário divulgado, nesta terça-feira (2), pelo Ministério da Saúde trouxe...

Artigos relacionados

Japão se prepara para a segunda onda do vírus chinês

Japão se prepara para a segunda onda do vírus chinês Em todo o Japão, funcionários públicos e empresas privadas estão trabalhando em formas de preparar...

Presidente sul-coreano sugere a Trump convidar o Brasil para cúpula do G7

Presidente sul-coreano sugere a Trump convidar o Brasil para cúpula do G7 O presidente sul-coreano, Moon Jae-in aceitou, nesta segunda-feira (1º), o convite do presidente...

Japão proíbe a entrada de mais 18 países

Japão proíbe a entrada de mais 18 países O Japão pretende proibir a entrada de cidadãos estrangeiros de outros 18 países na luta contra a...
Translate »