Chega a 1.113 as mortes por coronavírus na China

Autoridades chinesas estão tomando novas medidas para tentar deter a propagação do novo coronavírus. O surto já matou 1.113 pessoas e infectou 44.653 outras na China Continental.

Image © (Imagem em microscópio do novo coronavírus chinês / Reprodução / via NHK World) Feb/2020

Chega a 1.113 as mortes por coronavírus na China

Autoridades chinesas estão tomando novas medidas para tentar deter a propagação do novo coronavírus. O surto já matou 1.113 pessoas e infectou 44.653 outras na China Continental.

As empresas estão tentando se recompor após o feriado prolongado do Ano Novo Lunar.

Os trabalhadores estão a pulverizar os centros de transporte com desinfectante, enquanto os trabalhadores voltam ao trabalho.
As empresas fora da província de Hubei estão sendo autorizadas a reabrir, desde que tomem medidas preventivas.

Ao mesmo tempo, duas cidades do sul da China estão anunciando novos planos para enfrentar o surto, incluindo a possibilidade de confiscar terras privadas.

Não está claro como a terra seria usada, mas as declarações indicam que seria para os esforços de prevenção.

Guangdong, onde as cidades estão localizadas, é uma das províncias que mais infecções estão confirmadas fora de Hubei.

Fora da China continental, o vírus também infectou 516 pessoas em mais de duas dúzias de países e territórios. Duas pessoas morreram: Uma nas Filipinas e outra em Hong Kong.

Em Hong Kong, o número de infecções subiu para 49 nesta terça-feira (11). Os casos adicionais levaram as autoridades a recomendar às pessoas que evitassem multidões.

Entretanto, a Organização Mundial da Saúde – OMS, nomeou o vírus, COVID-19, abordando a preocupação de que descrições informais possam estigmatizar as populações afetadas.