Avião da Ucrânia cai perto do Aeroporto Internacional de Teerã logo após a decolagem

Um avião Boeing 737 transportando 180 passageiros e tripulação caiu logo após a decolagem do Aeroporto Imam Khomeini em Teerã, Irã, no início desta quarta-feira (8), horário local, informou a agência noticiosa semi-oficial iraniana ISNA.

Image © (Imagem Referencial / via CNN) Jan/2020

Avião da Ucrânia cai perto do Aeroporto Internacional de Teerã logo após a decolagem

Um avião Boeing 737 transportando 180 passageiros e tripulação caiu logo após a decolagem do Aeroporto Imam Khomeini em Teerã, Irã, no início desta quarta-feira (8), horário local, informou a agência noticiosa semi-oficial iraniana ISNA.

A maioria dos passageiros a bordo do voo da Ukraine International Airlines morreu, disse Pirhossein Koulivand, chefe dos Serviços Médicos de Emergência do Irã.

Equipes de emergência foram enviadas para o local do acidente, mas não podem ajudar porque a área está em chamas, disse Koulivand na IRINN, um órgão de imprensa estatal. Koulivand disse que o local do acidente é entre as cidades de Parand e Shahriar.
O serviço de rastreamento de vôo FlightRadar 24 disse em um tweet que o avião já estava em serviço há cerca de três anos e meio.

A ISNA relatou que o acidente foi devido a dificuldades técnicas.

Um porta-voz da Boeing disse à CNN que eles estão “cientes das reportagens da mídia fora do Irã e nós estamos coletando mais informações”.

O acidente ocorre poucos dias antes do novo CEO da empresa, David Calhoun, aceitar formalmente o cargo. Calhoun substitui Dennis Muilenburg, que foi afastado em dezembro, após o ano desastroso da Boeing.

O gigante da aviação norte-americana ainda está cambaleando com as consequências de dois acidentes do 737 Max, que mataram 346 pessoas. O Max está em terra desde Março, e a companhia tem lutado com atrasos e outros problemas na sua tentativa de voltar a colocar os aviões no ar.