27.8 C
Kōnan
sábado, 15 de agosto de 2020

Autoridades do Líbano deverão se reunir com Ghosn

Autoridades no Líbano pretendem ouvir o ex-presidente da Nissan Motor, Carlos Ghosn, sobre a sua chegada ao país quando saiu sob fiança no Japão.

Estatística COVID19 - Coronavírus

Total Global
Última atualização em:
Casos

Mortes

Recuperados

Active

Casos Today

Mortes Today

Critical

Affected Countries

China critica EUA por controle nos Institutos Confucius

China critica EUA por controle nos Institutos Confucius A China reagiu fortemente à decisão do governo americano de impor controles mais rígidos sobre os programas...

Koike pede apoio do governo para o atendimento médico do coronavírus chinês

Koike pede apoio do governo para o atendimento médico do coronavírus chinês A governadora de Tóquio, Koike Yuriko, pediu ao governo central para ajudar a...

Trump critica prisão do proprietário do Apple Daily de Hong Kong

Trump critica prisão do proprietário do Apple Daily de Hong Kong O presidente americano Donald Trump criticou a prisão, no início desta semana, do fundador...

Tóquio confirma 389 novos casos de infecção por coronavírus chinês nesta sexta-feira (14)

Tóquio confirma 389 novos casos de infecção por coronavírus chinês nesta sexta-feira (14) O Governo Metropolitano de Tóquio diz ter confirmado 389 novos casos de...

Os palestinos reagem com firmeza ao acordo Israel-UAE

Os palestinos reagem com firmeza ao acordo Israel-UAE Os palestinos reagiram fortemente contra o acordo entre Israel e os Emirados Árabes Unidos para normalizar os...

Autoridades do Líbano deverão se reunir com Ghosn

Autoridades no Líbano pretendem ouvir o ex-presidente da Nissan Motor, Carlos Ghosn, sobre a sua chegada ao país quando saiu sob fiança no Japão.

Ghosn desembarcou na segunda-feira (30), depois de fugir do Japão, onde as suas condições de fiança incluem a proibição de viagens ao estrangeiro.

Pouco se sabe sobre os movimentos de Ghosn desde então. Mas um órgão de comunicação social divulgou uma foto, supostamente, tirada na noite de Ano Novo, mostrando ele e sua esposa Carole em uma mesa de jantar.

Ricardo Karam, um renomado jornalista libanês e amigo de Ghosn, disse à NHK na sexta-feira que era uma reunião muito pequena de seis a oito amigos, incluindo Carole.

Karam disse que Ghosn precisa restaurar a sua honra manchada, e que o primeiro passo será uma conferência de imprensa esperada já na próxima semana.

Ghosn foi indiciado por acusações de má conduta financeira no Japão. Ele insiste que deixou o país para escapar à injustiça de um “sistema judicial japonês manipulado”.

As autoridades libanesas dizem ter recebido um aviso de procura de Ghosn pela Interpol. A atenção está focada em como o governo libanês reagirá.

SourceNHK World

Artigos relacionados

Vazamento de petróleo nas Ilhas Mauritius pode danificar eco-sistema local

Vazamento de petróleo nas Ilhas Mauritius pode danificar eco-sistema local Está aumentando a preocupação de que um vazamento de petróleo ao largo das Ilhas Mauritius...

China critica EUA por controle nos Institutos Confucius

China critica EUA por controle nos Institutos Confucius A China reagiu fortemente à decisão do governo americano de impor controles mais rígidos sobre os programas...

Koike pede apoio do governo para o atendimento médico do coronavírus chinês

Koike pede apoio do governo para o atendimento médico do coronavírus chinês A governadora de Tóquio, Koike Yuriko, pediu ao governo central para ajudar a...

ÁSIA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - BRASIL

Thainara & Thatiane lançam a música “Quarentena”

0
Thainara & Thatiane lançam a música “Quarentena” No mês de Julho, Thainara & Thatiane lançaram sua música de trabalho, “Quarentena”, composição da própria dupla, em...
Translate »