22.2 C
Kōnan
sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Mulher assume o comando do destroyer japonês Aegis pela primeira vez

A Capitã Miho Otani tornou-se a primeira mulher a assumir o comando de um destróier Aegis japonês nesta segunda-feira (2), comprometendo-se a dar um exemplo para que outras marinheiras a sigam.

Estatística COVID19 - Coronavírus

Total Global
Última atualização em:
Casos

Mortes

Recuperados

Active

Casos Today

Mortes Today

Critical

Affected Countries

Hospital de Tóquio está se especializando em Covid-19

Hospital de Tóquio está se especializando em Covid-19 Um hospital em Tóquio se tornou o primeiro na capital especializado no tratamento de pacientes internados para...

Oficial sul-coreano foi “morto a tiros e queimado” pela Coreia do Norte

Oficial sul-coreano foi "morto a tiros e queimado" pela Coreia do Norte A Coreia do Sul acusa tropas norte-coreanas de matarem a tiros e queimarem...

Laços entre Japão e Coreia do Sul não podem continuar tensos

Laços entre Japão e Coreia do Sul não podem continuar tensos O primeiro-ministro japonês, Suga Yoshihide, pediu ao presidente sul-coreano, Moon Jae-in, que tomasse medidas...

Trump anuncia novas sanções contra Cuba

Trump anuncia novas sanções contra Cuba O presidente americano, Donald Trump, anunciou nesta quarta-feira (23), que o governo americano impôs novas sanções a Cuba. As...

Ex-jogador de futebol Carlos Alberto se dedica a projetos assistenciais na África

Ex-jogador de futebol Carlos Alberto se dedica a projetos assistenciais na África O ex-jogador de futebol Carlos Alberto Santos de Deus, que jogou profissionalmente no...

Mulher assume o comando do destroyer japonês Aegis pela primeira vez

A Capitã Miho Otani tornou-se a primeira mulher a assumir o comando de um destróier Aegis japonês nesta segunda-feira (2), comprometendo-se a dar um exemplo para que outras marinheiras a sigam.

“Espero que vocês prossigam com nossas missões sem hesitação”, disse Otani, 48 anos, aos 300 membros da tripulação do Myoko, o destroyer da Força de Autodefesa Marítima equipada com sistema de defesa Aegis, que ela comandará, na Base Maizuru na Prefeitura de Kyoto, no oeste do Japão.

Em entrevista aos repórteres, ela explicou o peso que terá seu papel.

“É uma grande honra ser a primeira capitã (de um destroyer Aegis). Eu gostaria de pensar sobre como podemos fazer desta tendência uma norma, pois acredito que um número crescente de mulheres se inscreverão (na Força de Autodefesa marítima (Maritime Self-Defense Force – MSDF) a partir de agora”.

Otani tornou-se a primeira capitã de um destroyer da MSDF quando assumiu o comando do Yamagiri em 2016.

Natural de Suita, província de Osaka, Otani é há muito uma pioneira.

Ela se formou na Academia Nacional de Defesa em 1996 como uma das primeiras mulheres a fazê-lo e se tornou a primeira capitã de um navio de treinamento em 2013, de acordo com o MSDF.

Artigos relacionados

Hospital de Tóquio está se especializando em Covid-19

Hospital de Tóquio está se especializando em Covid-19 Um hospital em Tóquio se tornou o primeiro na capital especializado no tratamento de pacientes internados para...

Laços entre Japão e Coreia do Sul não podem continuar tensos

Laços entre Japão e Coreia do Sul não podem continuar tensos O primeiro-ministro japonês, Suga Yoshihide, pediu ao presidente sul-coreano, Moon Jae-in, que tomasse medidas...

Forte tempestade Dolphin a sudeste da cidade de Choshi na província de Chiba

Forte tempestade Dolphin a sudeste da cidade de Choshi na província de Chiba A forte tempestade tropical Dolphin poderá trazer chuvas para a parte oriental...

ÁSIA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - BRASIL

Pedro Pimentel apresenta o álbum “Stereotypes”

0
Pedro Pimentel apresenta o álbum “Stereotypes” O último álbum do músico Pedro Pimentel, “Stereotypes”, foi produzido, gravado, mixado pelo próprio artista, assim como a masterização....

Bolsonaro abre a 75ª Assembléia Geral da ONU

Translate »