Brasil: CNJ pune juiz que acusou Gilmar Mendes de receber propina

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) decidiu nesta terça-feira (3) punir o juiz Glaucenir de Oliveira, da Vara Criminal de Campos de Goytacazes (RJ), por causa de um áudio de WhatsApp em que ele acusou o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), de receber propina para conceder habeas corpus ao ex-governador do Rio Anthony Garotinho. O caso ocorreu em 2017.

Estatística COVID19 - Coronavírus

Total Global
Última atualização em:
Casos

Mortes

Recuperados

Active

Casos Today

Mortes Today

Critical

Affected Countries

Cristãos enfrentam “genocídio” na maior nação africana

Cristãos enfrentam "genocídio" na maior nação africana Facções muçulmanas na Nigéria estão realizando um verdadeiro "banho de sangue genocida" na maior nação da África, o...

Tóquio confirma 111 casos do coronavírus chinês neste domingo

Tóquio confirma 111 casos do coronavírus chinês neste domingo Fontes do governo metropolitano de Tóquio informam que 111 casos de coronavírus chinês foram confirmados na...

Pelo menos 16 mortos em enchentes em Kumamoto

Pelo menos 16 mortos em enchentes em Kumamoto O número de mortos por enchentes e deslizamentos de terra causados por fortes chuvas na Província de...

Trump pede por patriotismo no Dia da Independência dos EUA

Trump pede por patriotismo no Dia da Independência dos EUA O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, apelou ao patriotismo em um evento para celebrar...

Covid-19 Brasil: 1.577.004 casos confirmados, 64.265 mortes, 876.359 recuperados e 636.380 em recuperação

Covid-19 Brasil: 1.577.004 casos confirmados, 64.265 mortes, 876.359 recuperados e 636.380 em recuperação Segundo o boletim divulgado no final da tarde deste sábado (04) pelo...

Brasil: CNJ pune juiz que acusou Gilmar Mendes de receber propina

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) decidiu nesta terça-feira (3) punir o juiz Glaucenir de Oliveira, da Vara Criminal de Campos de Goytacazes (RJ), por causa de um áudio de WhatsApp em que ele acusou o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), de receber propina para conceder habeas corpus ao ex-governador do Rio Anthony Garotinho. O caso ocorreu em 2017.

Por maioria, os conselheiros seguiram o voto proferido pelo presidente, ministro Dias Toffoli, para aplicar pena de disponibilidade ao magistrado, a segunda mais grave prevista na Lei Orgânica da Magistratura (Loman). Pela disponibilidade, o juiz ficará dois anos afastado do cargo, mas terá direito a receber salário proporcional ao tempo de serviço. A pena mais grave é a aposentadoria compulsória.

Em um grupo de juízes, Glaucenir enviou uma mensagem de áudio na qual dizia que Mendes receberia uma quantia em espécie para cassar uma prisão preventiva de Anthony Garotinho em dezembro de 2017. O político estava preso por ordem do magistrado sob a acusação de compra de votos.

“A mala foi grande”, disse o magistrado no áudio. Ele disse ter recebido informações de terceiros sobre o pagamento de propina a Mendes. Glaucenir acrescentou ainda que outros ministros do STF se “acovardam” ante as decisões do colega e concluiu afirmando que “virar palhaço de circo do Gilmar Mendes não tem condição”.

Em seu voto, Toffoli classificou a fala de Glaucenir como muito grave e afirmou que a declaração atingiu a dignidade do STF.  Para o ministro, a retratação feita pelo juiz não foi suficiente para reparar o dano moral causado.

“Isso não atinge só a pessoa do ministro que foi atacado. Ele [juiz] atingiu toda a instituição. Veja que isso alimenta, se repete e nunca mais se consegue tirar da internet. Todos nós sabemos disso, se eterniza no tempo”, afirmou Toffoli.

Durante o julgamento, a defesa disse que Glaucenir de Oliveira se retratou dos fatos e exerceu o exercício do direito de expressão em um grupo privado do aplicativo.

Artigos relacionados

Covid-19 Brasil: 1.577.004 casos confirmados, 64.265 mortes, 876.359 recuperados e 636.380 em recuperação

Covid-19 Brasil: 1.577.004 casos confirmados, 64.265 mortes, 876.359 recuperados e 636.380 em recuperação Segundo o boletim divulgado no final da tarde deste sábado (04) pelo...

Covid-19 Brasil: 1.539.081 casos confirmados, 63.174 mortos, 868.372 recuperados e 607.535 em recuperação

Covid-19 Brasil: 1.539.081 casos confirmados, 63.174 mortos, 868.372 recuperados e 607.535 em recuperação O Brasil bateu a marca de 1,5 milhão de casos confirmados acumulados...

Covid-19 Brasil: 1.448.753 casos confirmados, 60.632 mortes, 826.866 recuperados e 561.255 em recuperação

Covid-19 Brasil: 1.448.753 casos confirmados, 60.632 mortes, 826.866 recuperados e 561.255 em recuperação Até o momento, 60.632 pessoas morreram em decorrência da pandemia do novo...

ÁSIA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - BRASIL

Covid-19 Brasil: 1.577.004 casos confirmados, 64.265 mortes, 876.359 recuperados e 636.380...

0
Covid-19 Brasil: 1.577.004 casos confirmados, 64.265 mortes, 876.359 recuperados e 636.380 em recuperação Segundo o boletim divulgado no final da tarde deste sábado (04) pelo...
Translate »