Manifestantes de Hong Kong vandalizam escritório da Agência Xinhua

Manifestantes em Hong Kong tornaram-se violentos após uma manifestação anti-governamental, atacando o escritório da agência estatal chinesa de notícias Xinhua.

Image © (Escritório da Agência de Notícias Xinhua em Hong Kong / Reprodução / via SCMP) Nov/2019

Manifestantes de Hong Kong vandalizam escritório da Agência Xinhua

Manifestantes em Hong Kong tornaram-se violentos após uma manifestação anti-governamental, atacando o escritório da agência estatal chinesa de notícias Xinhua.

Dezenas de milhares de pessoas reuniram-se num parque, na ilha de Hong Kong, neste sábado (2), juntamente com candidatos pró-democracia que concorrem às eleições deste mês para o conselho distrital.

Os manifestantes pediram a retirada de uma proibição de usar máscaras faciais nos comícios.

Alguns jovens manifestantes que usavam máscaras faciais atacaram o escritório da Xinhua em Hong Kong, quebrando as portas de entrada e provocando um incêndio em seu lobby no andar térreo.

Em um bairro comercial na Península de Kowloon, bombas de gasolina (coquetel molotov) foram jogadas em uma estação de metrô.

A polícia disparou gás lacrimogêneo contra manifestantes em uma tentativa de conter o caos.

O número de manifestantes está diminuindo, quase cinco meses após o início dos protestos. Mas a raiva pública pela violência policial não diminuiu.