Líderes da ASEAN concordam em apoiar refugiados Rohingya

Líderes da Associação das Nações do Sudeste Asiático, ou "Association of Southeast Asian Nations - ASEAN", concordaram em formar uma equipe para apoiar os muçulmanos rohingya que fugiram de Mianmar para o vizinho Bangladesh.

Image © (Refugiados muçulmanos Rohingya / Reprodução / via NHK World) Nov/2019

Líderes da ASEAN concordam em apoiar refugiados Rohingya

Líderes da Associação das Nações do Sudeste Asiático, ou “Association of Southeast Asian Nations – ASEAN”, concordaram em formar uma equipe para apoiar os muçulmanos rohingya que fugiram de Mianmar para o vizinho Bangladesh.

Mais de 700.000 membros do grupo minoritário fugiram do Estado de Rakhine, em Mianmar, desde 2017, para escapar à repressão militar contra os rebeldes.

A declaração do presidente, divulgada após a cúpula do fim de semana, prometeu criar uma equipe de apoio no secretariado da ASEAN.

Após a cúpula ASEAN-ONU, o Secretário-Geral Antonio Guterres disse que as Nações Unidas apoiarão o mecanismo atual e o engajamento entre a ASEAN e Mianmar.

Ele prosseguiu dizendo que permanece “a responsabilidade de Mianmar de abordar as causas profundas” e assegurar “repatriação digna e sustentável de refugiados” de acordo com as normas internacionais.