Impasse continua na universidade de Hong Kong

O impasse continua em uma universidade em Hong Kong enquanto manifestantes anti-governo barricados dentro do campus se recusam a se render à polícia.

Image © (Imagem referencial / via Time) Nov/2019

Impasse continua na universidade de Hong Kong

O impasse continua em uma universidade em Hong Kong enquanto manifestantes anti-governo barricados dentro do campus se recusam a se render à polícia.

Acredita-se que cerca de 100 pessoas estejam dentro da Universidade Politécnica. Os manifestantes que se esconderam em várias outras universidades e jogaram bombas de gasolina (coquetel molotov) contra as forças de segurança foram removidos.

A polícia disse, nesta terça-feira (19), que tinha detido 1.100 pessoas no ou perto do campus Politécnico, mas libertou os menores de 18 anos, depois de obter sua identificação.

A Chefe do Executivo de Hong Kong, Carrie Lam, sugeriu que as eleições do conselho distrital de domingo podem ser adiadas, dizendo que eleições justas requerem um ambiente seguro para os eleitores.

Lam pediu aos manifestantes que parassem, imediatamente, com a violência e de sabotar as redes de transporte.

A decisão de adiar as eleições, provavelmente, alimentará a revolta pública contra o governo.