Espanha se oferece para sediar a COP25 sobre mudança climática

O presidente do Chile, Sebastián Pinera, disse que a Espanha se ofereceu para sediar uma conferência da ONU sobre mudança climática em sua capital, Madri, nas datas originais previstas após a retirada do Chile como anfitrião.

Image © (Primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez / Reprodução / via Reuters) Nov/2019

Espanha se oferece para sediar a COP25 sobre mudança climática

O presidente do Chile, Sebastián Pinera, disse que a Espanha se ofereceu para sediar uma conferência da ONU sobre mudança climática em sua capital, Madri, nas datas originais previstas após a retirada do Chile como anfitrião.

Pinera disse aos repórteres nesta quinta-feira que o primeiro-ministro espanhol, Pedro Sanchez, havia feito a oferta quando falaram ao telefone. O presidente acrescentou que recomendou a Espanha como o novo anfitrião das Nações Unidas.

Na quarta-feira (30), Pinera cancelou os planos para sediar a reunião climática da ONU, a COP25, marcada para 2 a 13 de dezembro, bem como uma reunião de cúpula dos líderes da Ásia-Pacífico em novembro. Ambos os eventos seriam realizados na capital Santiago.

Os cancelamentos foram devidos a protestos violentos e generalizados no país, que foram desencadeados por um aumento nas tarifas do metrô.

Pinera não mencionou a cúpula da APEC. Parece que ainda é difícil encontrar um local alternativo para a reunião.

A secretária executiva da ONU para Mudança Climática, Patricia Espinosa, congratulou-se com a oferta da Espanha. Espinosa disse em um comunicado que é encorajador ver os países trabalhando juntos no espírito do multilateralismo para enfrentar a mudança climática, o maior desafio enfrentado pelas gerações atuais e futuras.

Espera-se que os funcionários da ONU considerem a proposta da Espanha na próxima semana e tomem uma decisão formal.