Brasil: Programa Verde Amarelo incentiva geração de emprego e renda

O governo federal lançou, nesta segunda-feira (11), um programa para incentivar a qualificação profissional e a geração de emprego e renda. A expectativa do governo é que a iniciativa, batizada de Programa Verde e Amarelo, consiga gerar ao longo de três anos, cerca de 4,5 milhões de empregos.

Estatística COVID19 - Coronavírus

Total Global
Última atualização em:
Casos

Mortes

Recuperados

Active

Casos Today

Mortes Today

Critical

Affected Countries

Cristãos enfrentam “genocídio” na maior nação africana

Cristãos enfrentam "genocídio" na maior nação africana Facções muçulmanas na Nigéria estão realizando um verdadeiro "banho de sangue genocida" na maior nação da África, o...

Tóquio confirma 111 casos do coronavírus chinês neste domingo

Tóquio confirma 111 casos do coronavírus chinês neste domingo Fontes do governo metropolitano de Tóquio informam que 111 casos de coronavírus chinês foram confirmados na...

Pelo menos 16 mortos em enchentes em Kumamoto

Pelo menos 16 mortos em enchentes em Kumamoto O número de mortos por enchentes e deslizamentos de terra causados por fortes chuvas na Província de...

Trump pede por patriotismo no Dia da Independência dos EUA

Trump pede por patriotismo no Dia da Independência dos EUA O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, apelou ao patriotismo em um evento para celebrar...

Covid-19 Brasil: 1.577.004 casos confirmados, 64.265 mortes, 876.359 recuperados e 636.380 em recuperação

Covid-19 Brasil: 1.577.004 casos confirmados, 64.265 mortes, 876.359 recuperados e 636.380 em recuperação Segundo o boletim divulgado no final da tarde deste sábado (04) pelo...

Brasil: Programa Verde Amarelo incentiva geração de emprego e renda

O governo federal lançou, nesta segunda-feira (11), um programa para incentivar a qualificação profissional e a geração de emprego e renda. A expectativa do governo é que a iniciativa, batizada de Programa Verde e Amarelo, consiga gerar ao longo de três anos, cerca de 4,5 milhões de empregos.

O público-alvo da iniciativa são jovens que buscam a inserção no mercado de trabalho ou o primeiro emprego, trabalhadores desempregados que estejam cadastrados no banco de dados do Sistema Nacional de Emprego e pessoas inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.

O programa também é voltado para os trabalhadores que estão empregados em ocupações que sofrem com a diminuição das vagas de trabalho devido a modernização tecnológica e outras formas de reestruturação produtiva. Para esse público devem ser oferecidos mecanismos para a requalificação ou a recolocação no mercado de trabalho.

Uma das metas do programa é que, dos cerca de 4,5 milhões de empregos que o governo espera gerar, 50% desses trabalhadores ingressem no mercado de trabalho até um ano após a realização dos cursos.

A qualificação desses profissionais se dará por meio de um sistema de vouchers para a participação em processos de formação. “Os vouchers são vagas de qualificação oferecidas sem custo para os trabalhadores e que serão utilizadas para que as empresas treinem seus empregados e novos contratados em áreas e competências que realmente são necessárias para as companhias.

De acordo com o Planalto, as entidades encarregadas dos processos de formação serão pagas por performance. Pela proposta, só receberão recursos públicos os parceiros privados que comprovarem a empregabilidade dos ex-alunos.

Para auxiliar na tarefa de descobrir as demandas por emprego, o governo também vai incentivar, com o auxílio da rede pública de educação profissional, o mapeamento da real demanda do setor produtivo por qualificação profissional.

Segundo o Planalto, o decreto que institui a Estratégia Nacional de Qualificação para a Produtividade e o Emprego do governo federal tem por objetivo “promover, em larga escala, com a ajuda de parceiros públicos e privados, uma qualificação profissional alinhada com as demandas reais dos setores produtivos e com o futuro para elevar a empregabilidade e a produtividade além de difundir conhecimento e tecnologia”.

Artigos relacionados

Covid-19 Brasil: 1.577.004 casos confirmados, 64.265 mortes, 876.359 recuperados e 636.380 em recuperação

Covid-19 Brasil: 1.577.004 casos confirmados, 64.265 mortes, 876.359 recuperados e 636.380 em recuperação Segundo o boletim divulgado no final da tarde deste sábado (04) pelo...

Covid-19 Brasil: 1.539.081 casos confirmados, 63.174 mortos, 868.372 recuperados e 607.535 em recuperação

Covid-19 Brasil: 1.539.081 casos confirmados, 63.174 mortos, 868.372 recuperados e 607.535 em recuperação O Brasil bateu a marca de 1,5 milhão de casos confirmados acumulados...

Covid-19 Brasil: 1.448.753 casos confirmados, 60.632 mortes, 826.866 recuperados e 561.255 em recuperação

Covid-19 Brasil: 1.448.753 casos confirmados, 60.632 mortes, 826.866 recuperados e 561.255 em recuperação Até o momento, 60.632 pessoas morreram em decorrência da pandemia do novo...

ÁSIA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - BRASIL

Covid-19 Brasil: 1.577.004 casos confirmados, 64.265 mortes, 876.359 recuperados e 636.380...

0
Covid-19 Brasil: 1.577.004 casos confirmados, 64.265 mortes, 876.359 recuperados e 636.380 em recuperação Segundo o boletim divulgado no final da tarde deste sábado (04) pelo...
Translate »