Twitter interromperá toda a publicidade política

O Twitter anunciou que proibirá toda a publicidade política mundial a partir do próximo mês.

Image © (Logotipo da rede social Twitter / Reprodução / via Forbes) Oct/2019

Twitter interromperá toda a publicidade política

O Twitter anunciou que proibirá toda a publicidade política mundial a partir do próximo mês.

O CEO Jack Dorsey tweetou a decisão nesta quarta-feira (30).

Ele disse que a proibição de todos os anúncios políticos pagos será aplicada a partir de 22 de novembro, mas algumas exceções, como anúncios de apoio ao registro de eleitores, ainda serão permitidas.

Dorsey disse que, “o alcance da mensagem política deve ser ganho, não comprado”.

Ele também diz, “Embora a publicidade na internet seja incrivelmente poderosa e muito eficaz para os anunciantes comerciais, esse poder traz riscos significativos para a política.”

O movimento do Twitter vem num momento de críticas crescentes de que tais anúncios pagos em sites de redes sociais estão provocando campanhas de difamação e que muitos incluem informações enganosas ou falsas.

O movimento está em contraste com o Facebook, que disse que não proibirá anúncios políticos e não verificará os anúncios dos políticos.