Exercício com interceptadores PAC3 realizado em parque de Tóquio

A Força Aérea de Autodefesa do Japão realizou uma operação envolvendo um interceptador de mísseis PAC3 (Patriot Advanced Capability - Three) em um parque público em Tóquio.

Image © (Imagem referencial / via NHK World) Oct/2019

Exercício com interceptadores PAC3 realizado em parque de Tóquio

A Força Aérea de Autodefesa do Japão realizou uma operação envolvendo um interceptador de mísseis PAC3 (Patriot Advanced Capability – Three) em um parque público em Tóquio.

O exercício começou por volta das 8:00 da manhã desta quarta-feira (9). Quinze veículos transportando lançadores e equipamentos de radar foram enviados para um parque no distrito ribeirinho de Ariake.

O parque, administrado pelos governos nacional e de Tóquio, fica próximo a um hospital, hotéis e locais para os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2020.

As autoridades da ASDF informam que o exercício é a quarta etapa das instalações externas pertencentes às Forças de Autodefesa ou aos militares dos EUA no Japão. O anterior foi realizado há seis anos em um parque em Osaka. As autoridades dizem que talvez precisem implantar um PAC3 fora de suas instalações, dependendo das circunstâncias, já que o alcance é limitado a dezenas de quilômetros.

Acredita-se que um míssil balístico lançado por submarino, ou SLBM, que a Coreia do Norte disparou na semana passada tenha atingido a Zona Econômica Exclusiva do Japão.

O Japão tem interceptores de mísseis terrestres e marítimos para responder aos lançamentos de mísseis balísticos da Coreia do Norte.

Autoridades da ASDF afirmam que, embora o exercício tenha sido planejado antes do lançamento do SLBM, eles planejam realizar mais exercícios fora da base do PAC3 para confirmar suas capacidades de resposta rápida e tranquilizar os cidadãos sobre sua segurança.