China registra menor crescimento econômico trimestral dos últimos 27 anos

Em meio a uma guerra comercial com os Estados Unidos e a queda de demanda interna, a China registrou um aumento no PIB de 6% no terceiro trimestre do ano ante o mesmo período de 2018.

Image © (Presidente dos EUA, Donald Trump, e, presidente chinês, Xi Jinping, em 9 de novembro de 2017 / Reprodução / via Agência Sputnik) Oct/2019

China registra menor crescimento econômico trimestral dos últimos 27 anos

Em meio a uma guerra comercial com os Estados Unidos e a queda de demanda interna, a China registrou um aumento no PIB de 6% no terceiro trimestre do ano ante o mesmo período de 2018.

É o menor número desde que Pequim começou a compilar os dados em 1993, informa a agência Associated Press.

O crescimento econômico trimestral foi divulgado pelo Escritório Nacional de Estatísticas (NBS, na sigla em inglês) nesta sexta-feira (18). De acordo com o órgão de Pequim, o número foi menor do que o esperado pelos analistas (6,1%) e o crescimento econômico anual de 2019, na comparação com 2018, está em 6,2%.

A desaceleração tem repercussões globais e deve diminuir a demanda chinesa por componentes industriais de seus vizinhos asiáticos e também da soja e outros alimentos do Brasil, Austrália e outros fornecedores de commodities.
O comércio sofreu devido aos aumentos de tarifas nos EUA, mas o maior impacto no crescimento chinês parece vir do arrefecimento da atividade doméstica, incluindo gastos e investimentos do consumidor.

O crescimento das vendas no varejo caiu para 8,2% em relação ao ano anterior nos três primeiros trimestres de 2019, abaixo dos 8,4% do primeiro semestre. O crescimento da produção industrial diminuiu para 5,6% no período de janeiro a setembro, ante 6% nos primeiros seis meses do ano.

A previsão de Pequim é ter um crescimento do PIB entre 6% a 6,5% em 2019.