Brasil: TRF manda Dirceu pagar multa de R$ 4,5 milhões por danos à Petrobras

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), sediado em Porto Alegre, decidiu que o ex-ministro José Dirceu comece a pagar multa de R$ 4,5 milhões por danos causados à Petrobras. O valor também inclui custas processuais e multa oriunda da condenação na Operação Lava Jato.

Estatística COVID19 - Coronavírus

Total Global
Última atualização em:
Casos

Mortes

Recuperados

Active

Casos Today

Mortes Today

Critical

Affected Countries

Tóquio pronto para flexibilizar as restrições

Tóquio pronto para diminuir as restrições Tóquio está em meio à reabertura após o número de novas infecções por coronavírus chinês ter caído de seu...

Renault cortará 15.000 empregos em todo o mundo

Renault cortará 15.000 empregos em todo o mundo A montadora francesa Renault elaborou um plano de reestruturação que inclui uma redução de quase 15.000 empregos...

Minnesota declara emergência à medida que protestos continuam

Minnesota declara emergência à medida que protestos continuam O governador do estado de Minnesota, no meio-oeste dos Estados Unidos, declarou estado de emergência sobre a...

Trump assina ordem executiva das mídias sociais

Trump assina ordem executiva das mídias sociais O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou uma ordem executiva buscando uma revisão das proteções legais concedidas...

Bolo de tangerina com castanha de caju

Bolo de tangerina com castanha de caju Para preparar este bolo, escolha tangerinas pequenas de sabor forte. Ingredientes: Bolo: 4 a 6 tangerinas ¾ de xícara (150 g) de...

Brasil: TRF manda Dirceu pagar multa de R$ 4,5 milhões por danos à Petrobras

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), sediado em Porto Alegre, decidiu que o ex-ministro José Dirceu comece a pagar multa de R$ 4,5 milhões por danos causados à Petrobras. O valor também inclui custas processuais e multa oriunda da condenação na Operação Lava Jato.

Dirceu está preso em Curitiba, onde cumpre pena de oito anos e dez meses de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

Em julgamento realizado na última quarta-feira (25), os desembargadores da 8ª Turma do TRF4 entenderam que as penas acessórias também podem ser executadas após o fim de recursos na segunda instância da Justiça, como acontece com a pena de prisão.

A prisão do ex-ministro foi determinada em maio pelo juiz Luiz Antonio Bonat, titular da 13ª Vara Federal em Curitiba. A decisão foi tomada após TRF4 negar recurso da defesa de Dirceu e determinar o cumprimento da pena com base no entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF), que autoriza prisão ao fim dos recursos em segunda instância.

Brasil

Covid-19 Brasil: 411.821 casos confirmados, 25.598 mortes, 166.647 recuperados e 219.576 em recuperação

Covid-19 Brasil: 411.821 casos confirmados, 25.598 mortes, 166.647 recuperados e 219.576 em recuperação O Brasil passou dos 400 mil casos confirmados de covid-19, de acordo...

PGR pede suspensão de inquérito que apura divulgação de fake news

  PGR pede suspensão de inquérito que apura divulgação de fake news O procurador-geral da República, Augusto Aras, pediu, nesta quarta-feira (27), ao Supremo Tribunal Federal...

Brasil do absurdo: Suprema Corte ordena busca e apreensão contra a liberdade de expressão

Brasil do absurdo: Suprema Corte ordena busca e apreensão contra a liberdade de expressão A Polícia Federal (PF) cumpriu, nesta quarta-feira (27), 29 mandados de...

Artigos relacionados

Executiva da Huawei perde ação judicial no Canadá

Executiva da Huawei perde ação judicial no Canadá Um juiz canadense decidiu que o processo de extradição dos EUA contra a executiva da Huawei, Meng...

Covid-19 Brasil: 411.821 casos confirmados, 25.598 mortes, 166.647 recuperados e 219.576 em recuperação

Covid-19 Brasil: 411.821 casos confirmados, 25.598 mortes, 166.647 recuperados e 219.576 em recuperação O Brasil passou dos 400 mil casos confirmados de covid-19, de acordo...

PGR pede suspensão de inquérito que apura divulgação de fake news

  PGR pede suspensão de inquérito que apura divulgação de fake news O procurador-geral da República, Augusto Aras, pediu, nesta quarta-feira (27), ao Supremo Tribunal Federal...
Translate »