Brasil: juiz mantém prisão de acusados de hackear autoridades

O juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara Federal de Brasília, decidiu nesta segunda-feira (30), manter a prisão preventiva de Luiz Molição e Tiago Eliezer Martins, presos na 2ª fase da Operação Spoofing, deflagrada no dia 19 pela Polícia Federal. A operação investiga a invasão de dispositivos eletrônicos de autoridades e a prática de crimes cibernéticos.

Estatística COVID19 - Coronavírus

Total Global
Última atualização em:
Casos

Mortes

Recuperados

Active

Casos Today

Mortes Today

Critical

Affected Countries

Tóquio pronto para flexibilizar as restrições

Tóquio pronto para diminuir as restrições Tóquio está em meio à reabertura após o número de novas infecções por coronavírus chinês ter caído de seu...

Renault cortará 15.000 empregos em todo o mundo

Renault cortará 15.000 empregos em todo o mundo A montadora francesa Renault elaborou um plano de reestruturação que inclui uma redução de quase 15.000 empregos...

Minnesota declara emergência à medida que protestos continuam

Minnesota declara emergência à medida que protestos continuam O governador do estado de Minnesota, no meio-oeste dos Estados Unidos, declarou estado de emergência sobre a...

Trump assina ordem executiva das mídias sociais

Trump assina ordem executiva das mídias sociais O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou uma ordem executiva buscando uma revisão das proteções legais concedidas...

Bolo de tangerina com castanha de caju

Bolo de tangerina com castanha de caju Para preparar este bolo, escolha tangerinas pequenas de sabor forte. Ingredientes: Bolo: 4 a 6 tangerinas ¾ de xícara (150 g) de...

Brasil: juiz mantém prisão de acusados de hackear autoridades

O juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara Federal de Brasília, decidiu nesta segunda-feira (30), manter a prisão preventiva de Luiz Molição e Tiago Eliezer Martins, presos na 2ª fase da Operação Spoofing, deflagrada no dia 19 pela Polícia Federal. A operação investiga a invasão de dispositivos eletrônicos de autoridades e a prática de crimes cibernéticos.

Na semana passada, o magistrado converteu a prisão temporária dos acusados em preventiva, por tempo indeterminado. No entanto, por determinação legal, o juiz realizou nesta segunda-feira uma audiência de custódia para verificar as condições da prisão.

Durante a audiência, Molição reclamou de “condições insalubres” na prisão e disse que seus remédios não foram entregues no horário pelos agentes da PF, que também não estariam repondo a água destinada aos presos. As defesas dos acusados também reiteraram pedidos de substituição da prisão por medidas cautelares, como uso de tornozeleira eletrônica.

Ao analisar os argumentos, o juiz Ricardo Leite entendeu que a prisão deve ser mantida para assegurar as investigações. Segundo Leite, a suposta participação dos acusados no hackeamento de autoridades não está clara e não há outras medidas alternativas para garantir o andamento da apuração da Polícia Federal.

No dia 1º de agosto, o juiz Ricardo Leite também decretou a prisão preventiva de mais quatro investigados presos, desta vez, na primeira fase da operação.

A primeira fase da Operação Spoofing foi deflagrada no dia 23 de julho e resultou na prisão de quatro suspeitos de hackear o ministro Sergio Moro. Os detidos também são suspeitos de terem interceptado e divulgado parte das comunicações do ministro.

A operação foi batizada de Spoofing, expressão relativa a um tipo de falsificação tecnológica que procura enganar uma rede ou uma pessoa fazendo-a acreditar que a fonte de uma informação é confiável quando, na realidade, não é.

Brasil

Covid-19 Brasil: 411.821 casos confirmados, 25.598 mortes, 166.647 recuperados e 219.576 em recuperação

Covid-19 Brasil: 411.821 casos confirmados, 25.598 mortes, 166.647 recuperados e 219.576 em recuperação O Brasil passou dos 400 mil casos confirmados de covid-19, de acordo...

PGR pede suspensão de inquérito que apura divulgação de fake news

  PGR pede suspensão de inquérito que apura divulgação de fake news O procurador-geral da República, Augusto Aras, pediu, nesta quarta-feira (27), ao Supremo Tribunal Federal...

Brasil do absurdo: Suprema Corte ordena busca e apreensão contra a liberdade de expressão

Brasil do absurdo: Suprema Corte ordena busca e apreensão contra a liberdade de expressão A Polícia Federal (PF) cumpriu, nesta quarta-feira (27), 29 mandados de...

Artigos relacionados

Executiva da Huawei perde ação judicial no Canadá

Executiva da Huawei perde ação judicial no Canadá Um juiz canadense decidiu que o processo de extradição dos EUA contra a executiva da Huawei, Meng...

Covid-19 Brasil: 411.821 casos confirmados, 25.598 mortes, 166.647 recuperados e 219.576 em recuperação

Covid-19 Brasil: 411.821 casos confirmados, 25.598 mortes, 166.647 recuperados e 219.576 em recuperação O Brasil passou dos 400 mil casos confirmados de covid-19, de acordo...

PGR pede suspensão de inquérito que apura divulgação de fake news

  PGR pede suspensão de inquérito que apura divulgação de fake news O procurador-geral da República, Augusto Aras, pediu, nesta quarta-feira (27), ao Supremo Tribunal Federal...
Translate »