Primeiro-ministro Shinzo Abe deverá alterar altos postos do Gabinete

O primeiro-ministro do Japão irá mudar o seu gabinete e os executivos do seu Partido Liberal Democrata nesta quarta-feira (11). Shinzo Abe mudar a maioria dos cargos ministeriais, trazendo 13 pessoas novas.

Image © (Primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe / Reprodução / via Internet) Sep/2019

Primeiro-ministro Shinzo Abe deverá alterar altos postos do Gabinete

O primeiro-ministro do Japão irá mudar o seu gabinete e os executivos do seu Partido Liberal Democrata nesta quarta-feira (11). Shinzo Abe mudar a maioria dos cargos ministeriais, trazendo 13 pessoas novas.

Estes são os primeiros abalos desde a eleição de Julho para a Câmara Alta. A votação viu a coalizão governista perder assentos, mas manter uma maioria saudável.

Toshimitsu Motegi será o novo ministro das Relações Exteriores do Japão. Ele já ganhou fama nos círculos internacionais como o principal negociador da Parceria Trans-Pacífico e um acordo comercial Japão-EUA.

Ele irá substituir Taro Kono. Por sua vez, Kono deve se tornar o novo ministro da Defesa.

Abe está mantendo no lugar dois pesos-pesados do gabinete. O vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças, Taro Aso, e o secretário chefe do gabinete, Yoshihide Suga, manterão as pastas que detêm desde que Abe voltou ao poder em 2012.

Novo no gabinete é Shinjiro Koizumi, que assumirá o cargo de ministro do Meio Ambiente. Ele é uma estrela em ascensão no LDP e filho do ex-Primeiro Ministro Junichiro Koizumi, aos 38 anos, ele será o terceiro ministro mais jovem da história do pós-guerra.

Quanto à formação na sede do LDP, Abe está mantendo dois dos principais influenciadores partidários em funções políticas fundamentais.

Toshihihiro Nikai permanecerá como secretário-geral, enquanto Fumio Kishida permanecerá como chefe do Conselho de Pesquisa Política. Kishida é visto como um possível sucessor de Abe como presidente do LDP.

Shunichi Suzuki está deixando seu cargo de Ministro das Olimpíadas e mudando-se para a liderança do partido. Ele será o presidente do Conselho Geral de tomada de decisões do LDP.

Abe deverá realizar uma coletiva de imprensa na noite desta quarta-feira (11), para expor as razões de sua escolha.