França, Reino Unido e Alemanha culpam o Irã pelo ataque na Arábia Saudita

Os líderes da França, Grã-Bretanha e Alemanha dizem acreditar que o Irã foi responsável pelo ataque às instalações de processamento de petróleo sauditas, que ocorreu no início deste mês.

Image © (O presidente francês, Emmanuel Macron, o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, e a chanceler alemã, Angela Merkel, reuniram-se para discutir sua estratégia sobre o Irã, no encontro de líderes mundiais das Nações Unidas nesta segunda-feira (23) / Reprodução / via NHK World) Sep/2019

França, Reino Unido e Alemanha culpam o Irã pelo ataque na Arábia Saudita

Os líderes da França, Grã-Bretanha e Alemanha dizem acreditar que o Irã foi responsável pelo ataque às instalações de processamento de petróleo sauditas, que ocorreu no início deste mês.

O presidente francês Emmanuel Macron, o primeiro-ministro britânico Boris Johnson e a chanceler alemã Angela Merkel se encontraram para discutir sua estratégia sobre o Irã na reunião de líderes mundiais das Nações Unidas, nesta segunda-feira (23).

Em uma declaração conjunta, os três disseram que “está claro” que o Irã tem responsabilidade pelo ataque.

Eles disseram que “não há outra explicação plausível”, apoiando afirmações anteriores dos EUA.

A Europa tem trabalhado para mediar um conflito crescente entre o Irã e os Estados Unidos.

E os líderes dizem que é hora do Irã vir à mesa.

As tensões aumentaram depois que os EUA saíram de um acordo nuclear de 2015 com o objetivo de conter o programa nuclear do Irã e reimpor duras sanções econômicas.

Por sua vez, o Irã violou várias condições estabelecidas no pacto multipaíses.