Estudantes de Hong Kong formam corrente humana em protesto contra o governo

Centenas de estudantes do ensino médio de Hong Kong formaram correntes humanas nesta segunda-feira (9), para pressionar o governo a atender às suas demandas.

Image © (Estudantes de Hong Kong / Reprodução / via The Straits Times) Sep/2019

Estudantes de Hong Kong formam corrente humana em protesto contra o governo

Centenas de estudantes do ensino médio de Hong Kong formaram correntes humanas nesta segunda-feira (9), para pressionar o governo a atender às suas demandas.

Os protestos eclodiram exatamente há três meses por causa de um controverso projeto de extradição que teria permitido que suspeitos de crimes em Hong Kong fossem enviados à China continental para serem julgados.

A Chefe do Executivo de Hong Kong, Carrie Lam, retirou a lei na semana passada, mas as manifestações contra o governo continuam.

Nesta segunda-feira de manhã, estudantes deram as mãos para criar correntes humanas em mais de 170 escolas antes do início das aulas.

Em uma escola na ilha de Hong Kong, centenas de estudantes e graduados pediram a criação de um painel independente para investigar alegações de brutalidade policial.

Um estudante de 17 anos observou que o governo só atendeu a uma em cada cinco demandas nos últimos três meses. Ele disse que quer pressionar o governo a mudar sua atitude.

Uma estudante de 14 anos, usando uma máscara de gás, disse que quer que população saiba que estudantes e várias outras pessoas em Hong Kong estão unidas em seus protestos contra o governo.

Um grupo pró-democracia, que vem organizando manifestações, está convocando outro protesto para o dia 15 de setembro.