13.000 pessoas retidas durante a noite no aeroporto de Narita por causa do tufão Faxai

Mais de 13.000 pessoas ficaram retidas durante a noite no aeroporto Internacional de Narita, no Japão, com o tufão Faxai interrompendo os serviços de transporte entre o aeroporto e a área metropolitana de Tóquio.

Image © (Aeroporto Internacional de Narita, em Tóquio, na noite desta segunda-feira (9) / Reprodução / via New Straits Times) Sep/2019

13.000 pessoas retidas durante a noite no aeroporto de Narita por causa do tufão Faxai

Mais de 13.000 pessoas ficaram retidas durante a noite no aeroporto Internacional de Narita, no Japão, com o tufão Faxai interrompendo os serviços de transporte entre o aeroporto e a área metropolitana de Tóquio.

Os serviços de trem e ônibus de e para Narita foram suspensos na segunda-feira, forçando as pessoas a ficarem no aeroporto.

Mas os vôos continuaram a chegar, trazendo mais viajantes para os terminais.

O operador do aeroporto relata que na manhã desta terça-feira (10), aproximadamente 3.300 pessoas ainda estavam retidas no Terminal 1, cerca de 9.300 permaneciam no Terminal 2 e cerca de 700 no Terminal 3.

As autoridades do aeroporto dizem que distribuíram sacos de dormir, água e lanches. Eles também dizem que instalaram estações de recarga para dispositivos móveis.

A empresa Keisei Electric Railway disse na manhã desta terça-feira que as operações foram retomadas.

Os funcionários do aeroporto informam que todas as pessoas retidas poderão, eventualmente, deixar o aeroporto.

Partes das prefeituras de Chiba, Ibaraki e Kanagawa ainda estão sem eletricidade.

A Tokyo Electric Power Company – TEPCO, planeja implantar mais de 200 carros geradores de energia, principalmente para hospitais e abrigos.

Funcionários da TEPCO dizem que vão consultar os membros do staff nos municípios, na manhã desta terça-feira e decidir onde colocar os geradores.