Protestos continuam no Aeroporto Internacional de Hong Kong

Os protestos continuam no Aeroporto Internacional de Hong Kong, causando a suspensão dos serviços de check-in de vôos.

Image © (Caos no Aeroporto Internacional de Hong Kong em função de protestos / Reprodução / via South China Morning Post) Aug/2019

Protestos continuam no Aeroporto Internacional de Hong Kong

Os protestos continuam no Aeroporto Internacional de Hong Kong, causando a suspensão dos serviços de check-in de vôos.

A ação desta terça-feira foi convocada para apoiar pedidos para eliminar completamente um lei de extradição que permitiria que suspeitos de Hong Kong fossem enviados para a China continental para serem julgados, bem como para protestar contra a forma como a polícia trata os manifestantes.

Um grande número de jovens reuniu-se no aeroporto à tarde.

No lobby de partidas, os manifestantes ocuparam áreas em frente às duas entradas do posto de controle de segurança, bloqueando os passageiros.

As autoridades do aeroporto informam que os procedimentos de embarque foram interrompidos desde as 16h30, horário local.

Uma estudante universitária disse que lamenta causar problemas, mas os manifestantes precisam da ajuda da comunidade internacional porque o governo está ignorando suas demandas.

As operações no aeroporto foram interrompidas por protestos semelhantes de segunda a terça-feira de manhã, causando o cancelamento de mais de 300 voos na terça-feira.

Na semana passada, mais de 200 voos foram cancelados no aeroporto em meio a uma greve geral.

Segundo o governo de Hong Kong, o número de visitantes ao território caiu significativamente desde meados de julho, quando os protestos se intensificaram. O número de visitantes caiu mais de 30% entre meados de julho e início de agosto, em comparação com o mesmo período do ano passado.

A preocupação é que a manifestação cause mais danos ao turismo, uma das principais indústrias do território.